02 maio 2018

Emails. Polícia ludibriada para colocar claques do Benfica no pavilhão...sem pagar; Há mais um jogador do Portimonense que interessa ao Benfica; Central do Belgrano conhece interesse do Benfica

Cristian Lema, central argentino de 28 anos que atua no Belgrano, está em negociações para se converter em reforço do Benfica para 2018/19. Segundo escreve o Record o defesa, de 1,90 metros, está a par do interesse dos tetracampeões nacionais, situação que lhe pode garantir, pela primeira vez na carreira, jogar fora da Argentina.
Lema finda contrato com o Belgrano em junho e é nesses trâmites que a SAD encarnada está a tentar avançar para uma possível transferência.
O defesa, que passou por Guillermo Brown, Newell’s Old Boys, Tigre e Quilmes, não acarreta custos acrescidos, atendendo ao preço de mercado e ao facto de não estar em causa um prémio de assinatura substancial. O defesa tem colhido o carinho dos fãs pelos sete golos apontados no campeonato argentino, sendo comparado a... Lewandowski.

Não é só Nakajima que interessa ao Benfica. Bruno Tabata, extremo de 21 anos, também do Portimonense, está igualmente bem referenciado na Luz. Antes de chegar à formação algarvia, o jogador, escreve o Record, já havia estado perto de assinar com os encarnados, mas o seu clube da altura (Atlético Mineiro) ameaçou com uma queixa na FIFA por possível violação dos regulamentos das transferências de menores de idade, o que acabou por fazer Luís Filipe Vieira recuar.
Em janeiro de 2016, foi o Portimonense que avançou para a aquisição de Tabata, mas as águias nunca perderam o dianteiro de vista. Hoje em dia, apurou o nosso jornal, segue muito bem referenciado pelos encarnados e é representado pelo ex-portista Deco.

Um alegado email que circula na internet mostra que Rui Pereira, chefe de segurança do Benfica, fez entrar no Pavilhão da Luz adeptos das claques encarnadas à revelia das autoridades, num jogo de maio de 2009, a contar para o terceiro e decisivo jogo do playoff das meias-finais de andebol, diante do Sporting.
"O Paulo Gonçalves telefonou-me dizendo que teria de deixar entrar 50 ‘No Name’ sem bilhete. Disse-lhe que isso não seria possível, porque a PSP e os Spotters estavam em cima dos Assistentes de Recinto Desportivo e que veriam a situação. Mandou-me coordenar com o Nuno Gago", terá reiterado Rui Pereira, assumindo depois que os factos que se seguiram foram "mais graves" num alegado email dirigido a Domingos Soares de Oliveira. "Para ludibriar a PSP, disse ao Coordenador da Prosegur que deveriam ficar com cerca de 50 bilhetes de adeptos NN (contrário aos regulamentos), sem que as autoridades detectassem, e depois entregarmos. Eu próprio tive de combinar um local afastado do pavilhão (para que a PSP não detectasse) para "candongar" os bilhetes ao Nuno Gago", sublinhou, escrevendo ainda que deixou entrar "pessoal que tinha bilhete cujo nome não correspondia ao cartão ‘porque era tudo NN’". Depois de também lamentar a curta intervenção de Luís Filipe Vieira no assunto, Soares de Oliveira respondeu a Rui Pereira, reiterando que "só o presidente" poderia "ajudar a encontrar uma solução" e que a "ausência de Mário Dias" dificultava a gestão do caso.
No alegado email dirigido por Rui Pereira a Domingos Soares Oliveira, o ainda hoje diretor de segurança do Benfica confirma a existência de claques e de uma relação entre as águias e ‘No Name Boys’ e ‘Diabos Vermelhos’, interrogando-se sobre a forma de "controlar este tipo de adeptos que não quer saber de regulamentos". "Durante todo o jogo foi visível o mau comportamento dos nossos adeptos, que pode conduzir à interdição do nosso pavilhão (facto para o qual eu já tinha alertado previamente), com o arremesso constante de garrafas, moedas e isqueiros para o interior do recinto", reiterou, sobre o embate ante o Sporting na Luz , que não contou com sócios dos leões após veto das encarnados, com aceitação por parte da Polícia de Segurança Pública. Rui Pereira lamentou também a queda de um adepto das bancadas do pavilhão da Luz, interrogando-se sobre a "responsabilidade" do acidente.

22 comentários:

  1. Respostas
    1. O IPDJ é liderado por um lagarto, um tal Augusto Baganha.
      E parece que se queixam mais é daquilo que eles chamam "claques legalizadas". Há negócios escuros (crimes) que a polícia anda atrás a investigar.

      O que aparece no email que já tem quase 10 anos, a ser verdade hoje não seria possível.
      É tudo o que conseguem arranjar entre 10 triliões de Gigas?
      Isso tem alguma importância para a verdade desportiva nos jogos de futebol?
      Cambada de criminosos!! Terão de explicar isso muito bem explicadinho em tribunal.

      Eliminar
  2. E agora o que é que esses filhos da puta do IPDJ têm para dizer? Que não há problema nenhum... andamos nós a pagar os nossos impostos para esta cambada de corruptos continuar a assobiar para o ar, como se nada fosse com eles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pergunta ao lagarto Augusto Baganha. Ele é que é o manda chuva lá do sítio!

      Eliminar
    2. O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) é dos principais solicitadores de bilhetes para os jogos do Benfica. Ou, pelo menos, era em 2012 e 2013, a avaliar pela extensa lista de emails ontem revelada nas redes sociais. Inclusive, há um email enviado pelo então secretário de Luís Filipe Vieira, Orlando Dias, à responsável pelo protocolo das águias, Ana Paula Godinho, a dar conta de um telefonema do IPDJ, por parte do presidente do organismo, Augusto Baganha, "a interceder dois convites" para o líder do conselho diretivo do Instituto de Segurança Social – na altura, Luís Monteiro.

      Os pedidos do IPDJ, como se constata na alegada correspondência divulgada, num total de 16 gigabytes, são vários. Pode ver-se um email em que a secretária do conselho diretivo solicita bilhetes para a diretora do departamento de recursos humanos, financeiros e patrimoniais, Sílvia Alves, extensivo às "duas filhas, ao pai e ao marido", referindo que "são adeptos e que nunca foram ao estádio do Benfica". Na comunicação, acaba por ser citado o então vice-presidente João Bibe [do IPDJ], que "fazia muito gosto que tivessem essa possibilidade, pelo que dois bilhetes não viabiliza esse desejo".

      Os pedidos de ingressos são de vários quadrantes – governantes, autarcas, militares da Brigada de Trânsito... –, mas o IPDJ tem estado na mira de FC Porto e Sporting, por, na ótica de dragões e leões, fechar os olhos à não legalização das claques encarnadas. Ainda esta semana, o diretor de comunicação dos portistas, Francisco J. Marques, questionou a dualidade de critérios do organismo neste tema. No início de época, o instituto anulou a interdição da Luz, após o Benfica ter apresentado um novo regulamento de segurança, como explicaria Baganha, em novembro. E sublinhou que os grupos organizados de adeptos do Benfica "não tem sido um problema para o IPDJ e para a polícia".

      Ao nosso jornal, fonte oficial do Benfica sublinhou que o emblema da Luz não irá reagir a este tipo de temática de divulgação de emails. "São crimes", suportou.

      Embaixada em troca de 'favores'

      Na extensa listagem de emails divulgados com pedidos de várias embaixadas, está um onde aparenta existir uma retribuição de Luís Filipe Vieira por alguma ajuda de um funcionário da Embaixada de Moçambique em Portugal na atribuição de vistos para uma empresa pessoal do presidente benfiquista. O documento é de 11 de abril de 2013 e teve como intermediários Orlando Dias, na altura secretário de Vieira, e Ana Paula Godinho. "O senhor Jaime Dias, responsável pela secção de vistos da Embaixada de Moçambique – que tem sido inexcedível nos ‘vistos’ para a empresa do presidente – mostrou interesse em assistir ao jogo de 2.ª feira" – no caso, contra o P. Ferreira, das meias-finais da Taça de Portugal."

      Percebes agora a que tipo de pessoas BdC se refere quando falava de "Sportingados"?
      É isto. Gente que é eleita para certos cargos com o apoio de um clube diferente do clube do proprio eleito, para depois haver palhaçitos como aqueles que aqui passam a dizerem... "ah e tal, mas ele é lagarto".

      Parabens pela ironia, mesmo disfarçada de chico-espertismo.

      Eliminar
  3. ..........só espero, que descrevam como o Góis Mota presidente dos lagartos, entrou na Tapadinha, na cabine do árbitro de pistola em punho................não foi há muito tempo........talvez tivesse interesse.......

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o gois mota foi presidente do Sporting entre 1953 - 1957 e tu, estavas lá a ver e por isso recordas-te bem desse episódio...

      eu nao era nascido, podias-me dar mais pormenores sobre isso??

      será que algum lampião quando confrontado pelo que o actual presidente faz ao próprio clube vai dizer que nao se revê nesse comportamento em vez de dizer, ah e tal em 1950 houve um gajo que entrou de pistola em punho num balneario...

      Eliminar
    2. Acho que é pertinente recordar este episódio para confrontar com o referido no artigo.

      Sim! sem dúvida

      Eliminar
    3. Não estava lá mas o episódio foi testemunhado e bem publicitado.

      11 de Novembro de 1956, no Campo da Tapadinha, num Atlético – Sporting.
      No intervalo de um jogo disputado no Campo da Tapadinha que opõe Atlético ao Sporting e que se cifra num empate ao fim dos primeiros 45 minutos (1-1), o presidente do Sporting, Carlos Góis Mota invade o balneário do árbitro da partida, Braga Barros de Leiria, não esteve com meias medidas, segundo foi referido na altura, de pistola em punho “aconselhou-o a tomar mais atenção na 2ª parte pois poderia prejudicar-se”. O Sporting ganha 3-1.

      O presidente do Sporting que cumulativamente era presidente da Legião Portuguesa, uma milícia fascista criada em 1936, que estava sob a alçada dos Ministérios do Interior e da Guerra, que nas décadas de 50 e 60 se caracterizou pela perseguição e repressão às forças oposicionistas ao regime, para a qual contribuiu o seu Serviço de Informações e a sua vasta rede de informadores.

      O Sporting acaba o jogo com uma vitória por 3-1.
      Não, não é verdade que Góis Mota fosse da PIDE. Era “apenas” presidente da Legião Portuguesa, uma milícia criada em 1936.
      O Dr. Carlos Cecilio Nunes Góis Mota tomou posse como presidente do Sporting em 28 de Janeiro de 1953 exercendo o cargo até 31 de Janeiro 1957. Participou por mais nove vezes na Direcção do Clube, duas como vogal e sete consecutivas como vice-presidente, desde 19 de Janeiro de 1946 a 30 de Janeiro de 1952.

      O Sporting sempre foi um clube de fascistas e simpatizantes nazis.
      Quando se deu o 25 de Abril, 78 dos membros do seu Conselho Leonino fugiram do Pais. Provavelmente com medo dos nazis escondidos entre os comunistas!!
      A história do Sporting não é de deixar alguém orgulhoso!

      Eliminar
    4. o fascismo no desporto português em 2018 chama-se LFV.
      o resto é palha para dar de comer a nazis como tu (subservientes ao fascista traficante).
      quem és tu para falar de pistolas nos anos 50 quando tens adeptos do teu clube (da tal claque que não convem ser claque) que mataram adeptos de outro clube?
      A história do Sporting não é de deixar alguém orgulhoso? QUem é um merd*s como tu para dizer isso?
      És do Sporting, porventura?
      Tens orgulho em ser do unico clube que teve um presidente preso?????
      De ter um presidente traficante?
      De ter adeptos assassinos a mando de um facho com a 4ª classe, com a mania que é o gangster do pedaço?
      É disso que te orgulhas, montinho de esterco?
      Orgulhas-te de toda a vergonha com que cada vez mais adeptos do teu clube se cobrem todos os dias, não apenas pelos resultados recentes, mas há meses desde que perceberam quem é o verdadeiro facho do presente?!?!
      E vens-me tu falar de historias dos anos 50, dizendo que "não foi há muito tempo"???
      Mas julgas que é tudo retardado como tu?
      Julgas que tas aqui a falar só para os atrasadinhos do teu clube?
      Damage control com historias da carochinha made in 1950?
      Afunda Boifica!
      E mete gelo "da cabeça para cima"!

      Eliminar
  4. Reestruturação financeira uma treta!!! O que se anda a passar entre o Sporting e a banca, particularmente com o BES, é um vergonha sem limites!!


    Uma coisa é a renegociação de divida bancária em que se pode negociar juros e outras garantias de pagamento das obrigações que qualquer empresa tenha com a banca.


    O que aconteceu com o Sporting, numa primeira fase, foi que o Sporting simplesmente não tinha dinheiro para pagar as VMOC's e assim o banco iria ficar como accionista maioritário da SAD. Entendo que o banco não quisesse esta solução, nem sei porque aceitaram negociar VMOC's, e entenderia se o banco tivesse transformado as VMOC's numa espécie de crédito bancário e que disso cobrasse juros e fizesse hipotecas sobre os activos do Sporting, vulgo passes de jogadores. Aquilo que foi feito foi adiar uma coisa que já toda a gente tinha visto que não iria ser para pagar, ou seja, o banco, na minha opinião, fez um negócio ruinoso como foi confirmado pelos deputados da assembleia da república. E o mais grave ainda é que se trata de um banco intervencionado pelo Estado Português.


    Nos entretanto, assistimos a um inédito adiamento do pagamento de um empréstimo obrigacionista porque, mais uma vez, o Sporting não tem dinheiro para o pagar mas a estratégia já está definida... Fazer mais um empréstimo obrigacionista de 60 milhões onde parte dele é para pagar o anterior, outro é para pagar o investimento e o dia-a-dia- do futebol.


    Mas isto não parou por aqui... Eis que o Sporting decidi ir renegociar as VMOC's... E eis que a banca, no caso especial o BES, aceita fazer um perdão de 94,5 milhões somente porque o Sporting assume que irá pagar as VMCO's antes do tempo acordado na última negociação. É um perdão de 70% do montante em divida?! Isto num banco que voltou a apresentar prejuízos em largos milhões de euros e onde o Estado irá "enterrar" mais uns milhões.


    Isto seria o mesmo que eu ter uma divida de 100.000€ ao banco para pagar em 45 anos, chegar ao balcão e dizer ao gerente que proponho pagar a divida em 20 anos mas que em compensação eu só pago 30.000€ da divida, ou seja, fazendo um "descontinho" de 70.000€. Não vos preciso de vos dizer o que me diria o gerente do banco pois não?


    Eu espero sinceramente que o Benfica se mexe e o mais rápido possível!! Não me venham com a conversa de que o Benfica não pode fazer nada porque pode e deve!! Tratam-se de SAD's concorrentes e cotadas em bolsa e não pode existir qualquer tipo de favorecimento da banca e é isso que se está a passar com o Sporting. O Benfica pode e deve começar por fazer uma exposição ao Banco de Portugal e á CMVM. Entretanto pode pedir um reunião de emergência com o Ministro das Finanças e lideres parlamentares das varias bancadas partidárias.


    Isto não pode acontecer num banco em dificuldades e que é o dinheiro dos contribuintes que anda a alimentar estas negociatas!!


    O Benfica tem de se mexer e tentar parar com esta pouca vergonha de uma vez por todas!!!


    E nós Benfiquistas também temos de fazer a nossa parte, entupindo o Banco de Portugal, a CMVM e os partidos políticos com emails a denunciar e a pedir medidas urgentes sobre este assunto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então o BERRA (guerra) está de volta?

      Anda sempre com a mesma cartilha! O desgraçadito já não sabe o que dizer...

      Eliminar
    2. O teu clubeco comandado pelo ladrão de camões, tem feito melhor!

      Cravou uma dívida ao ex-BES de cerca de 200M€, mas isso para ti não conta.Isto para além de ter roubado à C.M.Lisboa 65M€, quando da construção do novo galinheiro como disse a PJ, para além dos favores que vos fez a Câmara com o perdão de impostos e dávidas.Foi uma maravilha!

      Mas isto tudo para ti não conta, porque és um apoiante do orelhas ladrão de camões, que teve como braço-direito o Zé do benfica, que agora está na prisão a cumprir quase 8 anos de prisão por ter feito do galinheiro um entreposto de droga, onde recebia os colombianos seus comparsas.

      Eliminar
    3. Olha bem para estas duas, Ó TOUPEIRA VERMELHA:

      https://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/benfica_quotajudadoquot_em_65_milhotildees

      https://www.cmjornal.pt/economia/detalhe/governo-pode-perdoar-meio-milhao-ao-benfica

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    5. O que está escrito em cima é cartilha para adeptos benfiquistas lerem e repetirem mais tarde no café a outros benfiquistas.
      Só dois apontamentos aos disparates ditos no texto acima:
      O Sporting não tem direito de compra de todas as VMOCS, só parte. Ora se não as pode comprar, como pode dever?
      Tambem, os 94,5 milhoes de VMOCS não corresponde a 94,5 milhoes de euros, como as VMOCS são indexadas ao valor das acoes do Sporting e estas estão neste momento a 70 centimos como diz o Guterres... é fazer as contas.

      Eliminar
  5. Já que está tão preocupado com o NB e com os contribuintes, Promovalor, diz-lhe alguma coisa ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acha que eles sabem o que isso é?? lol
      Eles comem o que lhes dão.

      Se o que lhes dão é falar sem saber das coisas, então siga! Se for falar mal ainda melhor!!

      Eliminar
    2. Agora os TOUPEIRAS VERMELHAS já reconhecem que o seu clubeco está metido na merda até às orelhas...e com o Orelhas!

      Veja-se neste link o cartilheiro José Marinho, que no final do ano passado prometeu um terramoto com as suas revelações, a dizer que sabe que o Ministério Público irá deduzir uma acusação contra o clube.

      https://twitter.com/_o_polvo

      Eliminar
  6. Cada um emprenha por onde quer, eu só quero saber se tudo isto dos emails é mentira, ainda não vi ninguém a desmentir.

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...