23 novembro 2016

Benfica 'esteve' nos 'oitavos' e acabou (de forma incrível) por adiar qualificação. Encarnados estiveram a vencer por 3-0 ao intervalo


Não foi em Istambul que o Benfica conseguiu o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. O Benfica deixou fugir uma vitória que seria preciosa frente ao Besiktas, ao empatar 3-3 com os turcos, depois de ter ido para o intervalo a vencer por 3-0. Guedes, Nelson Semedo e Fejsa marcaram para os ´encarnados`, Tosun, Quaresma e Aboubakar fizeram os tentos dos turcos. Tudo se decidirá na derradeira jornada.
O Besiktas, que nunca venceu em casa a qualquer equipa portuguesa, não conseguiu ser tão eficaz como na Luz e pagou caro. Já o Benfica, muito personalizado, calmo, confiante, foi construindo um resultado que poucos imaginariam ao intervalo.
A primeira parte resume-se em poucas linhas. Aos dois minutos Eliseu atirou ao poste, o Besiktas respondeu com Aboubakar a marcar mas o golo seria anulado por fora-de-jogo. Aos nove minutos Gonçalo Guedes deu vantagem aos encarnados. Aos 25 Nelson Semedo estreou-se a marcar na Champions e logo com um golaço. O 3-0 foi de Fejsa, depois de três remates nos ferros (Mitroglou por duas vezes na barra e Salvio ao poste) no mesmo lance!!!! Três remates enquadrados com a baliza, três golos. Eficácia perfeita.
O Besiktas, perdido e atordoado perante a eficácia encarnada, tentou chegar ao golo mas a defensiva do Benfica esteve muito bem.
Mas na segunda parte tudo foi diferente. O Benfica encolheu-se e deixou o Besiktas aproximar-se perigosamente. Mas ainda antes da recuperação do Besiktas, Mitroglou teve tudo para fazer o 4-0 mas atirou ao lado. Começou aí a recuperação turca. Aos 58’, Tosun responde com um pontapé acrobático após cruzamento de Beck para reduzir para 3-1.
Aos 81’, Lindelöf comete um erro infantil, jogando a bola com o braço num cruzamento sem grande perigo e Quaresma, na conversão do castigo faz o 3-2. Aos 89’, num erro de marcação de Lindelöf, Aboubakar fez o 3-3, após um cruzamento de trivela de Quaresma. Felizmente para o Benfica o jogo terminou pouco depois.

20 comentários:

  1. Inaceitavel. Desde as substituições, onde a arrastadeira do Salvio tem lugar cativo e a deixar permanentemente o Nelsinho descompensado, e tira o Cervi, que estava a ser dos melhores em campo, tanto na pressão e recuperaçao defensiva como na saída para o contra-ataque, passando pelo falhanço inadmissível do Mitroglou que dava o 4-0, até ao penalty completamente imbecil do Lindelof. Que descalabro, resta esperar que não afete os próximos jogos e que nos consigamos apurar na mesma para os oitavos e que este jogo sirva de lição.

    ResponderEliminar
  2. O melhor de tudo isto acaba por ser a qualidade do ar, respira-se muito melhor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    5. Ah e o encurnado ainda responde... hahahahahahahahaha

      Eliminar
    6. Realmente, não bastava a momjoke que ainda por cima não sabe escrever. Tá boa paulinho, só falta vires aqui dizer que nunca conheceste os teus pais.

      Eliminar
  3. Não quero gozar com ninguém mas é sintomático, basta apanharem uma equipa que simplesmente não abra as pernas e ficam todos confusos.

    Bater em pequeninos que ainda por cima recebem incentivos para comer a relva contra uns e abrir as perninhas contra outros também eu ganho fácil!!!

    O marítimo bem tentou dar-vos moral mas o Talisca deve ter feito um belo discurso no balneário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que pequeninos receberam incentivos? Os do Setubal que no final do jogo do ano passado até choraram por terem perdido? Ou os outros 4 ou 5 que andaram a cheirar a mala no ano passado?
      E olhando para os resultados do outro grande do norte e também para os resultados dos do alvalixom Parece que afinal não ganhas fácil, sejas tu de que clube fores.

      Eliminar
    2. Anónimo 21:05, não fales no Setúbal que até tens exemplos de quando o Benfica antes de um confronto, ia lá buscar os "melhores" jogadores. Moretto e José Fonte dizem-te alguma coisa?

      A táctica agora é os treinadores a 6 dias do próximo confronto com o Benfica serem despedidos, quando tiveram 21 dias para tal. Ver Pepa, grande Benfiquista, e Moreirense.

      Eliminar
    3. Eu a pensar que a tática era os jogadores, antes dos jogos com o spitting, fazerem-se expulsar. Que lindo.
      E também covinha deixares de ser mentiroso. É que o Benfica só foi buscar o Moretto em Janeiro, e só jogou com o VFC em Abril. E o José Fonte assinou depois do jogo com o Benfica, Eu entendo que isto da realidade não ser conforme o que tu querias, te dê cabo da cabeça, mas não é com mentiras que lá vais.


      E realmente, tens uma puta de uma lata, quer dizer vens com a conversa que os outros é que têm incentivos quando jogam contra o spitting, falo-te da situação contra o Setúbal, em que afinal que andou a acenar com dinheiro a jogadores que jogassem contra o Benfica foi o pessoal do teu clube, e tu vens com essa do "Alto que o Setubal nao conta!!!". Foda-se, que riso. Ser lagarto é fodido.

      E sim, o Pepa é um exemplo brutal de Benfiquismo. Basta ver o que ele fez e para onde ele ia quando rescindiu com o Benfica. Realmente, inteligência não é coisa que abunda para esses lados, não.

      Eliminar
    4. E o André Horta? Foi buscá-lo quando?

      A táctica dos jogadores castigados aconteceu anos a fio aos adversários do Benfica. O Benfica esteve quase um ano sem ter uma grande penalidade contra, e quando a assinalaram, já nos descontos, tinham uma margem confortável. Ainda tens a distinta lata de defender o teu clube corrupto, habituado a jogar fora das 4 linhas?

      Eliminar
    5. Que lindo, foda-se. Vir o choro dos penaltys quando o teu clube esteve uma porrada de anos sem ver um penalty marcado contra. E o André Horta não jogou porque estava engripado. Mas como te convém convenceres-te a ti próprio que ele não jogou porque estava comprado, fica com o teu delírio a vontade que eu fico -me a rir do teu autismo.

      Há duas coisas que, realmente, distinguem bem a Paulinhada. São a derrota constante e a falta de vergonha na cara. Mas, por outro lado, sempre fazem os outros rir, por isso é que não dava lá muito jeito que acabassem.

      Eliminar
  4. E a jogar contra clubes da 3ª divisão europeia. É o que dá frequentarem a porta 18 e acordos na Colômbia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que vale é que os que têm 5 vitórias fora na Champions, que nunca cheiraram uma final, e nem sequer lá perto chegaram, é que se fartam de apanhar colossos. E a julgar pelo que aconteceu este ano, tratarem 4 derrotas como se de vitórias fossem, dá para ver bem o grau de pequenez deles. São exigências, uns assumem empates como se de derrotas se tratassem, outros celebram derrotas como se fosse vitórias. Quem é pequeno uma vez, é pequeno toda a vida (e é melhor não falar mais em pequenos senão ainda aparece o vosso fundador todo excitado).

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    3. Ontem e hoje foram dias em cheio para ti. O teu clube perdeu (normal), fez disso uma vitória moral (também normal), o Benfica empatou fora e isso já foi motivo para lançares os foguetes aí no quintal. Quando te cair a ficha vais ver que já foste recambiado da Champions (ainda mais normal) e que o Benfica só depende de si para ficar em primeiro no grupo (duvido que saibas, sequer, o significado da palavra primeiro).

      Eliminar
    4. Eu não vim lançar foguetes, vim só apertar contigo ó encurnado! :)

      Eliminar
    5. Realmente, vem apertar e acaba a fugir à conversa, é de chorar a rir. Ou de ter pena. Mas como sou um gajo alegre prefiro rir-me. Contínuação paulinho, o Priberam está à tua espera.

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...