14 abril 2021

Análise espanhola: Lance de Jovane sem penalti. Expulsão de Eustáquio justa; Defesa leonino procura segunda vida em Alvalade. Já tem interessados para a saída; Weigl já pensa nos pós-carreira

O fim de carreira já está no horizonte de Julian Weigl. O internacional alemão, de 25 anos, reiterou que “a vida no futebol passa rápido” e “depois dos 30 anos acaba”. “Depois de findar a carreira, acho que vou ficar por casa um ou dois anos, para descansar um pouco desta vida. Provavelmente já temos dois filhos ou mais e quero desfrutar”, assumiu ao podcast ‘Kein Interview’. O médio do Benfica acredita que, depois de pendurar as chuteiras, pode continuar ligado ao futebol. “Há uns anos não, mas agora já me imagino como treinador. Primeiro, terei de tirar o curso e ganhar experiência junto das equipas jovens”, acrescentou.

Quaresma procura segunda vida. Na receção ao Famalicão (1-1), Eduardo Quaresma voltou à ação pela equipa principal, quase três meses depois de ter sido titular diante do Rio Ave (1-1), a 15 de janeiro. No passado domingo, em Alvalade, o central, de 19 anos, saltou do banco aos 76’ para substituir Neto e, no final da partida, colheu elogios de Rúben Amorim. “Quero realçar também a entrada do Quaresma. Bem-vindo! Está a voltar e está sério”, frisou o técnico, agradado com a resposta que o defesa tem dado nos últimos treinos. Neste sentido, ao que Record apurou, Quaresma está determinado a agarrar a nova chance que lhe foi concedida, após ter feito seis jogos pela equipa B, e espreita mais minutos em Faro, dada a dúvida em torno de Gonçalo Inácio. Até porque a preparação da próxima época já mexe e o internacional sub-19 espera ter um lugar no plantel, a despeito de já ter recebido sondagens de alguns clubes ingleses, alemães, franceses e holandeses.

Análise espanhola. Iturralde González, antigo árbitro internacional espanhol, fez, no jornal Record, a análise aos lances mais controversos da jornada. O ex-juiz não ficou com dúvidas que Eustáquio foi bem expulso e que não há penalti sobre Jovane, entre outros 'casos'.

No primeiro de três casos do Paços de Ferreira-Benfica, temos um vermelho muito claro. É uma expulsão evidente por uma ação de jogo perigoso grave de Stephen Eustáquio, médio da equipa da casa, sobre Julian Weigl, do Benfica. Deixa a perna forte na abordagem e, como tem a planta do pé à altura do joelho do adversário, não pode ser outra coisa que não um cartão vermelho.

Já é diferente quando analisamos o lance entre Diogo Gonçalves e Rebocho. Esta segunda ação é um cartão amarelo claro, uma vez que o jogador do Benfica chega tarde e derruba o defesa. É verdade que é uma ação muito aparatosa, mas não é feita com força excessiva. Há um derrube com o corpo e é um lance negligente, mas não mais do que isso.

Por fim, temos uma jogada na área do Paços de Ferreira logo no início do encontro. É simplesmente um lance de futebol e nada mais do que isso. Jordi atira-se para tentar cortar um cruzamento de Seferovic e Waldschmidt choca com o guarda-redes. É uma ação totalmente fortuita.

Seguimos para o Sporting-Famalicão, num lance entre Jovane e Rúben Vinagre (na imagem apresentada pelo jornal é o lance entre Jovane e Pepê, aos 85'). Não vejo força suficiente para se apitar penálti. Se colocarmos as imagens em câmara lenta, parece muito mais do que realmente é. É preciso ver estas jogadas em velocidade normal. Com a câmara lenta é outro tipo de futebol. Para mim, é um contacto de futebol e nada mais.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...