27 julho 2021

JJ afasta médio do plantel. Spartak ‘em jogo’; Franceses podem 'atacar' avançado do Benfica; Defesa leonino apontado a Espanha; Avançado ganha crédito junto de Conceição; Benfica com pior procura de sempre em emissão

O médio brasileiro Gabriel vai treinar-se à margem do plantel do Benfica, acompanhado por um preparador-físico, enquanto aguarda por definição para o seu futuro. Clube da Luz e representante do futebolista trabalham para encontrar urgentemente clube e o Spartak de Rui Vitória é possibilidade, dado que tem os meios para pagar os €10 milhões que as águias pretendem e até já terá chegado aos 6M€.
O Alavés, de Espanha, perdeu Rodrigo Battaglia, que estava cedido pelo Sporting, e está atento, tal como outro clubes da La Liga, onde o médio jogou.

Nice atento a Carlos Vinícius . O Nice está interessado na contratação de Carlos Vinícius e já tentou perceber quanto pode custar a transferência. A imprensa turca deu conta, também, de que o Fenerbahçe pode avançar com uma oferta.

Benfica com pior procura de sempre em emissão. Em pleno tumulto no clube da Luz, a SAD do Benfica conseguiu à tangente a colocação total da emissão obrigacionista que tinha em curso.
Os perto de 35 milhões de euros vão chegar aos cofres do Benfica, naquela que é a emissão obrigacionista com menos investidores e com o menor rácio de procura. Os resultados foram divulgados ontem.
Durante a oferta da emissão, o Benfica esteve em tumulto com a detenção do agora ex-presidente do clube e da SAD, Luís Filipe Vieira, e pelas várias dúvidas sobre a transparência da informação comunicada ao mercado sobre a estrutura acionista e acordos de compra e venda de participações, a procura cifrou-se em 35.179.705 euros, ou seja, quase idêntica à oferta. A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) obrigou à divulgação de informação adicional, determinando à Benfica SAD a realização de uma adenda ao prospeto. Mas mesmo com esses esclarecimentos, o polícia dos mercados admitiu estar a proceder a investigação envolvendo esses elementos, nomeadamente a estrutura acionista.
Além dessas mudanças, a SAD do Benfica permitiu que os investidores alterassem ou revogassem as intenções de subscrição até ao último dia da oferta. E no decurso da oferta optou por não aumentar o valor a emitir. O que, aliás, determinou que os 35 milhões de euros colocados fossem o valor mais baixo desde 2007, ano em que emitiu 20 milhões em obrigações.
Fechada a operação deste ano, foi esta segunda-feira divulgado que acorreram à emissão 1.887 investidores, dos quais 717 (38% do total) subscreveram entre 10.005 e 50 mil euros. O segundo escalão com mais subscritores foi o dos 2.000 euros (valor mínimo de subscrição) aos 5.000 euros, com um total de 609 investidores (32,3%). No escalão intermédio – dos 5.005 a 10 mil euros – foram 473 os subscritores (25,1%), tendo apenas 88 investidores (4,7% do total) subscrito mais de 50 mil euros.
Segundo um levantamento feito pelo Negócios, os 1.887 investidores representam o mais baixo número de subscritores de uma emissão do Benfica. No conjunto das 10 ofertas anteriores, a média de investidores tinha ficado um pouco acima dos 5.000, tendo a de 2013, de 45 milhões de euros, conseguido 7.266 subscritores. A mais baixa foi a de 2018 com 3.256.
Agora, não chegou aos dois mil. O rácio da procura em função da oferta ficou, nesta emissão deste ano, nos 1,005 vezes, igualmente o mais baixo de sempre. Os dados revelados pela Benfica SAD mostram uma procura válida para 35,18 milhões de euros. As obrigações foram colocadas com uma maturidade a três anos, pagando a SAD uma taxa de juro de 4%.
Rui Costa, que substituiu Luís Filipe Vieira na presidência do clube e da SAD benfiquista, declarou, num vídeo divulgado, que “hoje é um dia importante para o Benfica, pese embora a conjuntura recente. O objetivo do novo empréstimo obrigacionista foi alcançado”, dizendo que “era uma das primeiras metas que tínhamos definido no último plenário dos órgãos sociais”. Para o ex-jogador, “tal de
monstra a confiança dos obrigacionistas num projeto sólido e sustentado, na forma como sempre cumprimos os nossos compromissos ao longo destes anos”.
A Benfica SAD sustenta que a emissão agora concluída visa diversificar as fontes de financiamento, reforçar a liquidez – isto depois de ter sido reembolsada a 16 de julho a emissão de 2018 de perto de 20 milhões – e desenvolver a atividade corrente, numa altura em que está prestes a iniciar-se oficialmente nas competições deste ano, não estando ainda o plantel fechado.

Ivanildo está na lista do Granada. A treinar-se em Alcochete com os outros dispensáveis, Ivanildo continua a ser alvo de diversas sondagens, e é possível que o seu futuro passe pelo regresso a Espanha onde na época passada representou o Almería.
O central, de 25 anos, está agora na lista do Granada, uma das equipas que vão disputar La Liga. Os italianos do Cagliari, assim como os húngaros do Ferencváros também já manifestaram o interesse em reforçar os respetivos plantéis com o esquerdino.

Avançado ganha crédito junto de Conceição. Os grandes golos que apontou frente ao Moreirense, primeiro, e contra o Lille, depois, fizeram a cotação de Fernando Andrade, junto de Sérgio Conceição, subir em flecha. Como ainda não chegou qualquer reforço para a vaga que Marega deixou em aberto, o atacante brasileiro ainda tem mais tempo para mostrar credenciais e lutar por um lugar na versão final do plantel 2021/22. Atentos a Fernando Andrade também estão muitos clubes estrangeiros, nomeadamente o Al-Fayha.
Segundo o Record, esse clube da Arábia Saudita só está interessado no empréstimo do jogador e não na compra imediata a título definitivo. Certo, para já, é que o futuro do brasileiro de 28 anos, que tem surpreendido, ainda não está definido.

7 comentários:

  1. ISTO ESTE BLOG DRAGÃO NÃO PUBLICA

    TRANSFERÊNCIA MISTÉRIO NO FC PORTO:
    VENDA DE FÁBIO SILVA NA MIRA DAS AUTORIDADES
    DRAGÃO SÓ GANHOU 25 MILHÕES, DOS 40 QUE FORAM PAGOS PELO WOLVERHAMPTON.
    O negócio de Fábio Silva, vendido ao Wolverhampton, em 2020, por 40 milhões de euros, está na mira das autoridades. Ministério Público e Autoridade Tributária querem perceber o fluxo de comissões pagas pelo FC Porto - sete milhões foram para a Gestifute, três milhões para a empresa STV, do pai do jogador - e o motivo, depois, de Pedro Pinho, através da empresa PP Sports, ter cobrado mais de meio milhão de euros, precisamente à empresa de Jorge Mendes e não ao FC Porto.

    PARA ONDE FOI O GRAVETO???

    ResponderEliminar
  2. ISTO ESTE BLOG DRAGÃO NÃO PUBLICA

    TRANSFERÊNCIA MISTÉRIO NO FC PORTO:
    VENDA DE FÁBIO SILVA NA MIRA DAS AUTORIDADES
    DRAGÃO SÓ GANHOU 25 MILHÕES, DOS 40 QUE FORAM PAGOS PELO WOLVERHAMPTON.
    O negócio de Fábio Silva, vendido ao Wolverhampton, em 2020, por 40 milhões de euros, está na mira das autoridades. Ministério Público e Autoridade Tributária querem perceber o fluxo de comissões pagas pelo FC Porto - sete milhões foram para a Gestifute, três milhões para a empresa STV, do pai do jogador - e o motivo, depois, de Pedro Pinho, através da empresa PP Sports, ter cobrado mais de meio milhão de euros, precisamente à empresa de Jorge Mendes e não ao FC Porto.

    PARA ONDE FOI O GRAVETO???

    ResponderEliminar
  3. Perguntem ao vieira e ao seu amigo pintainho

    vivó o scp
    a maior putencia esportiva

    ResponderEliminar
  4. foi para onde tinha que ir

    ResponderEliminar
  5. JORNALEIROS NÃO FALAM DAS COMISSÕES MISTERIOSAS DOS ANDRADES? -

    ResponderEliminar
  6. alô carregueira:

    Transferência mistério no FC Porto: Venda de Fábio Silva na mira das autoridades
    Transferência mistério no FC Porto:

    Venda de Fábio Silva na mira das autoridades

    cmjornal.pt - Correio da Manhã • 15h

    Dragão só ganhou 25 milhões,
    dos 40 que foram pagos pelo Wolverhampton.

    Read more on cmjornal.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. de que zona do país são os investigadores?

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...