06 julho 2020

"Depois de Trincão", Barça olha para 'pérola' do Sporting; "Isto está incendiado. Não quero contribuir como fiz com o Benfica"

Carlos Carvalhal teve de voltar a se conter nas críticas à arbitragem, depois dos comentários polémicos que teceu após o jogo com o Benfica.
"Não vou estar a fazer o papel que fiz no jogo com o Benfica, eu não vou contribuir com as minhas declarações para depois... Eu não falei de arbitragem. Porque isto está incendiado, está efervescente", comentou o treinador do Rio Ave, após a partida com o Gil Vicente, que venceu a equipa vilacondense.
"Eu não quero contribuir para estas discussões, como eu fiz com o Benfica. Não quero ser mais um a contribuir para debates que não valem a pena. Esta discussão já tem 20 anos e não adianta, continua tudo igual", continuou Carlos Carvalhal.
A revolta do treinador do Rio Ave devia-se, em particular, a um golo anulado e um penálti revertido.
Sobre a partida em si, o comentário de Carlos Carvalhal foi curto.
"Na primeira parte houve um Gil Vicente melhor. Justifica estar a ganhar ao intervalo. Um jogo mais direto, tivemos problemas na linha defensiva. Na segunda parte arriscámos tudo para ganhar o jogo. Passámos a jogar com três avançados", analisou.

"Depois de Trincão", Barça olha para 'pérola' do Sporting. O Arsenal é o emblema estrangeiro mais decidido no ataque a Joelson Fernandes (na foto), extremo leonino que se estreou contra o Gil Vicente, mas também os nomes de Dortmund, Leipzig e Barcelona têm surgido no horizonte.
O interesse dos catalães é reforçado pela publicação 'Don Balón': "depois de Trincão", é a nova pérola lusa "a encher o olho" ao diretor desportivo Abidal, refere.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...