26 maio 2020

Vieira "quereria" um "ex-candidato ao Sporting" na Liga; Paquetá fora da órbita do Benfica; Central apontado ao FC Porto sonha com a Europa

Rui Gomes da Silva insiste que "há muita gente - com o FC Porto à cabeça - a querer consolidar a classificação da 24.ª jornada" e nota que o Benfica está a ser "carne para canhão para destituir Proença".
Ainda assim, o antigo dirigente das águias acredita que o ainda líder da Liga "saberá melhor do que ninguém como consiga fazer com que o Benfica volte não só a votar nele, mas - desta vez - a empenhar-se ativamente na sua campanha".
Sobre a instabilidade que se vive, por estes dias, na Liga, o ex-vice dos encarnados defende também que "não sendo possível eleger o braço direito do presidente do Benfica para a Liga", até porque este é "uma paixão antiga de quem manda na FPF e quer mandar na Liga", Vieira "quereria no lugar de Proença um seu amigo, ex-candidato a presidente do Sporting".
Porém, Rui Gomes da Silva antevê que o novo presidente da Liga, se Proença cair, poderá ser Paulo Meneses, presidente do Paços de Ferreira que poderá chegar à Liga com o apoio de vários clubes do chamado G15, "liderado pelo seu [de Vieira] grande amigo (tem dias) António Salvador, que vai fazer eleger Paulo Meneses, ainda presidente do Paços de Ferreira como presidente da Liga".
Deste modo, o ex-vice-presidente dos encarnados não compreende que "o Benfica, em vez de defender os seus interesses" seja "peão dos jogos dos outros senhores da guerra".
Gomes da Silva mostra-se intrigado por saber quem "serão as forças" que garantiram "proteger as costas para tal temeridade" a "Marítimo, Feirense e Cova da Piedade", que ameaçam dar entrada com processos nas justiça pelo fim precoce da II Liga na secretaria.
Em artigo de opinião no blogue Novo Geração Benfica, nesta segunda-feira, Rui Gomes da Silva lamenta aquilo que chama de "navegar à vista do Benfica".
O ex-dirigente nota que o Benfica deveria tentar criar condições para que o campeonato fosse jogado mas Rui Gomes da Silva nota algo diferente e diz que o Benfica "presta-se a ser figurante de óperas bufas, num qualquer teatro piolho de um bairro decadente".

Paquetá fora de órbita. Nas últimas semanas, a imprensa italiana tem insistido na possibilidade de Lucas Paquetá ser colocado no negócio de Florentino para o Milan. De facto, o médio-ofensivo brasileiro de 22 anos sempre foi um jogador que agradou ao Benfica desde os tempos em que jogava no Flamengo. Rui Costa, administrador da SAD das águias, assumiu publicamente que quis ver Paquetá nas águias. Mas o preço era proibitivo para o Benfica, não para o Milan que pagou perto de €35 milhões pelo jogador ao Flamengo. 
Lucas Paquetá nunca se impôs no clube italiano, o Milan não se opõe a uma venda, mas o vencimento do brasileiro é um obstáculo a qualquer clube português, escreve A Bola. 
Paquetá aufere €2,5 milhões limpos por temporada, ordenado proibitivo, sobretudo pela crise provocada pela pandemia do Covid-19.

César Montes foi recentemente colocado na mira do FC Porto e do Galatasaray e em declarações à imprensa mexicana, disse que está pronto para jogar na Europa. "Vejo-me a jogar na Europa no imediato. Espero que os anos não passem sem eu cumprir essa meta", disse o central do Monterrey.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...