17 junho 2018

Sporting terá de pagar 1M€ ao Braga por...Battaglia; "Benfica seria boa opção...no FC Porto adaptação também seria fácil"; Bruno Paixão e Bruno Esteves abandonam arbitragem para dedicarem-se ao VAR

Bruno Paixão já comunicou à AF Setúbal que vai abandonar a arbitragem para integrar o quadro de árbitros que será criado pela Federação Portuguesa de Futebol e assim assumir, exclusivamente, a função de videoárbito. O árbitro de Setúbal termina a carreira um ano antes do limite de idade regulamentar (45 anos).
Bruno Esteves, que deverá ser despromovido à segunda categoria, também decidiu colocar um ponto final na carreira e aceitar idêntico convite da FPF para ser VAR a partir da próxima época.

Rodrigo Battaglia rescindiu contrato com o Sporting, alegando justa causa, mas isso não exime o clube de Alvalade de concluir o pagamento da transferência, segundo os moldes acordados com o Sp. Braga. Dessa forma, a 3ª prestação, no valor de um milhão de euros, vence no próximo dia 20, quarta-feira, escreve o Record.
Apesar da crise que atualmente abala os leões, a SAD arsenalista acredita que o pagamento da quantia em causa será processado com normalidade, não havendo motivo para que se repitam as fricções ocorridas entre fevereiro e março. Nessa altura, o atraso do Sporting levou a que António Salvador tomasse posição à entrada da semana em que as equipas se iam defrontar no Estádio Municipal, levando a uma troca muito duras de acusações de parte a parte, onde até alegados direitos de formação que os minhotos ainda não haviam pago, relativos a Rui Fonte e Pedro Santos, foram alvo de um inusual escrutínio público.
Note-se que, no início da época, o Sp. Braga acertou a mudança de Battaglia para Alvalade a troco de 3,5 milhões de euros pelos 60% do passe que detinha. Nessa altura, reservou ainda 20% dos direitos de uma futura venda, e recebeu no pacote de contrapartidas o passe de Esgaio a título definitivo e o empréstimo de Jefferson.
As tais expectativas de retorno futuro é que poderão, nas próximas semanas, ser nova fonte de controvérsia entre os dois clubes. Mesmo tendo Battaglia entendido que devia cessar o seu vínculo ao Sporting, o facto é que o Sp. Braga não deixa de estar disposto a fazer valer os seus direitos. O cenário que se encontra sobre a mesa aponta para uma longa batalha judicial entre os leões e os jogadores desavindos, que até pode ter um final sorridente para o Sporting, mas não está fora de questão a possibilidade de os arsenalistas marcarem desde já posição, tendo em conta que o seu departamento jurídico está a acompanhar os desenvolvimentos deste caso com a máxima atenção.

Roger Guedes, extremo/atacante brasileiro de 21 nos, está na mira de Benfica e FC Porto, mas não parece negócio fácil de concretizar, não apenas por ser o melhor marcador do campeonato brasileiro, com 9 golos em 12 jogos, mas também pela complexidade da situação contratual. O jogador está emprestado ao Atlético Mineiro, o detentor dos direitos federativos é o Palmeiras e quem tem a maioria do passe (75 por cento) é o Criciúma, sendo o restante do Palmeiras.
Jaime Dal Farra, presidente do Criciúma, a parte mais interessada, explicou ao jornal A Bola que «há sondagens e conversas sobre números» com o Benfica por Roger Guedes e que «o Benfica seria uma boa opção para o jogador, pela adaptação a Portugal, que seria mais fácil do que noutros países». Não obstante, introduziu outro clube português em eventual negócio, afirmando que «no FC Porto essa adaptação também seria fácil».
O atacante brasileiro desperta igualmente interesse dos alemães do Estugarda, dos ucranianos do Shakhtar Donetsk e do Al Wehda, da Arábia Saudita, que, segundo informações recolhidas pela publicação brasileira Globoesporte, apresentou já oferta de cerca de seis milhões de euros pelo futebolista. Benfica e Estugarda foram também notícia por terem tido observadores nos últimos jogos de Roger Guedes.
O dirigente do Criciúma refere que os contactos «estão a ser desenvolvidos com um emissário do Benfica» e que há a necessidade de juntar o Atlético Mineiro ao processo, pois Roger Guedes está emprestado ao emblema de Minas Gerais, que tem prioridade sobre o futebolista «desde que iguale a melhor oferta feita no espaço de 48 horas».
«Esperamos que o negócio fique concluído nos próximos dias, quem está conduzindo o processo é o empresário do jogador», Paulo Pitombeira, mas Jaime Dal Farra acrescenta que «neste momento é difícil» dizer quem estará em melhores condições de contratar o futebolista.
«É muito veloz e dotado de boa técnica», explicou o agente, Paulo Pitombeira, confirmando também Benfica e FC Porto na corrida pelo futebolista.

4 comentários:

  1. O NALGAS DO ALCACETE A AMEAÇAR EM ESTILO AGAROTADO
    «Não estou abrangido pelo acordo de confidencialidade com Jorge Jesus»
    Se for destituído da presidência do Sporting, nada impedirá Bruno de Carvalho de falar sobre Jorge Jesus.
    «Não houve uma demissão de Jorge Jesus, houve um mútuo acordo. Quer o Sporting quer o Jorge Jesus ficaram por esse acordo impedidos de falar. Não é só o Jorge Jesus. O acordo foi assinado pelo Sporting e por Jorge Jesus, se eu sair do Sporting não estou abrangido pelo acordo. Um acordo é pessoal, o outro é institucional», revelou o presidente leonino, em entrevista à SIC.
    Bruno de Carvalho desmentiu, ainda, que o ex-treinador do Sporting tenha sido suspenso depois do jogo com o Marítimo, na Madeira, conforme relatado por Rui Patrício na carta de rescisão.
    «É absolutamente falso», afiançou.
    tuga21 17-06-2018 00:34
    Dom Quixote... onde anda o Sancho Pança????
    Saint 17-06-2018 00:10
    fala homem. diz o que sabes.
    cmbvslb 17-06-2018 00:06
    E provavelmente nada vai impedir Jorge Jesus de falar sobre os acontecimentos depois de seres arredado do SCP e olha que acredito mais nele do que em ti.
    LoSpeciale 16-06-2018 23:43
    Está calado e cala-te… Azevedo da treta! :D
    LoSpeciale 16-06-2018 23:41
    Este Boneco de Azevedo é o maior aldrabão que vi no futebol PT! Esta personagem só diz mentiras! Andas a tentar provocar o Cérebro? Deixa lá o homem sossegado!


    Amigo de Jesus avisa: «Eu também não estou abrangido pelo acordo de confidencialidade…»
    Vítor Araújo, compadre e amigo íntimo de Jorge Jesus mas também próximo do circulo de amigos de Bruno de Carvalho, reagiu, em declarações a A BOLA, às declarações do presidente suspenso do Sporting na entrevista à SIC, em que garantiu não estar abrangido pelo acordo de confidencialidade previsto no acordo de rescisão que assinou com o ex-treinador leonino.
    «Após ouvir o que Bruno de Carvalho disse, quero lembrar que também eu não estou abrangido pelo acordo de confidencialidade e por isso um dia destes também posso contar tudo o que sei», disse Vítor Araújo em declarações ao nosso jornal.
    FAÇA UM COMENTÁRIO (MÁX: 30
    Joe jeans 17-06-2018 00:44
    isto é demais, eu por vezes nem quero comentar mas tenho q o fazer, pq o scp nao merece isto e ha ainda muito seportinguista q esta confuso e vai na cantiga deste Idiota q esta a destruir 1 clube entenario.
    Sykander 17-06-2018 00:42
    Conta! Conta! Conta! A malta está em pulgas!!!
    Joe jeans 17-06-2018 00:39
    Acho q este Vítor Araújo devia falar o q sabe, pois ajudava a esclaarecer muita coisa aos socios ceguetas para a AG do dia 23 .
    Joe jeans 17-06-2018 00:37
    aiiiiiiiiiiiiiiii e esta hein,,,,,,, toma la e vai-te curar BDC. Mais 1 sportingado pra lista e expulsao de socio se é do scp. E ja agora era de contactar este senhor e fazelo falar, para q os adeptos fiquem + claros a respeito das trafulhices deste garoto.
    Corleone 17-06-2018 00:37
    Não faças isso Vítor... deixa lá o gaiato em paz. Quem tem que o fazer é o JJ, mais ninguém. Todos a quererem molhar a sopa. É demais. Aguenta firme bruno miguel. Carrega Benfica !

    ResponderEliminar
  2. Padres para rezar a favor do nojento clube do regime, que queria ser Penta, mas é só TRETA campeão. E vai perder títulos ganhos com colo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vai pra catequese menino. já sao horas

      Eliminar
    2. Patético como de costume.

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...