07 março 2017

E depois de Luis Enrique?

Ainda a época de 2016/2017 não terminou e o técnico do Barcelona, Luis Enrique, já afirmou que não pretende continuar no comando técnico do clube catalão. Apesar do Barcelona estar em primeiro lugar do campeonato espanhol com uma vantagem de 60 pontos (mais um ponto do que o arquirrival Real Madrid), Luis Enrique já não tem grande margem de erro para poder continuar a orientar este grande clube que é o Barcelona. E todas as críticas que já se fizeram ao técnico espanhol são acentuadas pelo "acidente de percurso" que aconteceu no Parque dos Príncipes, quando Paris Saint-Germain goleou por 4-0 o Barcelona, numa das piores exibições do conjunto blaugrana esta época.
Com uma equipa que possui jogadores de nível mundial como, por exemplo, Lionel Messi, Neymar, Luis Suárez, Andrés Iniesta ou Ivan Rakitic, teria de fazer mais e melhor na Champions. Ainda assim, seria fantástico que, na última época no comando técnico do Barça, Luis Enrique ganhasse o campeonato espanhol, deixando os críticos de "bico calado", e que desse a volta à eliminatória, diante do Paris Saint-Germain, mesmo sabendo que é uma missão muito difícil, mas que não é impossível para quem tem Messi, Neymar e Suárez na mesma equipa. Agora com a saída de Luis Enrique, muitos serão os candidatos que a direção do Barcelona terá de analisar muito bem antes de fazer a escolha certa para guiar o Barcelona de volta aos grandes títulos. E aqui deixo uma lista de cinco nomes que poderiam ser o próximo treinador do todo-poderoso Barcelona. Qualquer um dos nomes que será indicado mais abaixo tem qualidade e competência mais que suficiente para fazer um excelente trabalho em Camp Nou.

Jorge Sampaoli: O atual treinador do Sevilla está a fazer uma época acima de todas a expetativas no clube andaluz e é uma das fortes hipóteses para suceder a Luis Enrique, até porque é um treinador que consegue ter os jogadores todos do seu lado, sendo um líder no balneário, e tem bastante carisma no futebol atual.

Jürgen Klopp: Apesar da má época que o Liverpool está a fazer, o técnico alemão continua a ser uma opção plausível para o comando técnico do conjunto blaugrana, visto que, à semelhança de Sampaoli, também é um treinador que sabe ser líder de um balneário e que sabe montar as suas equipas, retirando o máximo proveito de todos os seus jogadores. Nomes como Messi, Neymar ou Suárez beneficiariam com a chegada do treinador dos Reds.

Frank de Boer: Iniciou a época no Inter de Milão, mas as coisas não lhe correram nada bem. Ainda assim penso que o holandês seria uma escolha acertada para o comando técnico do Barcelona, até porque é um treinador que gosta de apostar em jovens talentos, como fez no Ajax, e encaixaria que nem uma luva nos planos do Barça. Um nome a ter em conta.

Unai Emery: O técnico espanhol, que orienta os franceses do Paris Saint-Germain, seria outra boa escolha para suceder ao atual treinador Barcelona no final da presente temporada. É um treinador que mantém as suas equipas equilibradas taticamente, tanto a nível ofensivo como a nível defensivo, e é um treinador que não precisa de gastar muito dinheiro para obter sucesso desportivo nas suas equipas.

Eusebio Sacristán: O atual treinador do Real Sociedad também seria uma escolha interessante para o banco do Barcelona, mas este nome seguiria na linha de Pep Guardiola e de Luis Enrique. Ou seja, Eusebio Sacristán é um treinador com ligação ao Barcelona, conhece a cantera de La Masía, onde treinou jovens craques como, por exemplo, Edgar Ié, Jordi Masip, Denis Suárez, Munir El-Haddadi ou Adama Traoré. Eusebio Sacristán seria um treinador "à Barcelona" que sabe o que é a mística blaugrana.

5 comentários:

  1. entao e o único treinador tri campeão, o grande rui vitoria, num Pais onde muitos grandes clubes vêm buscar jogadores e nem sequer é minimamente conhecido ou falado dá que pensar!!

    ahhh espera, querem ver que o vitória anda-se a fazer expulsar para ficar escondido nas bancadas e ninguém o levar? foi assim com o guedes nao foi? quando o guardiola veio disfarçado com peruca bigode e óculos à batatinha e companhia para nao ser reconhecido, por isso é que o guedes foi para o psg e nao para manchester.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 10/10

      boa narrativa, paulinho.

      Eliminar
  2. #queremosoJJnobarcelona :) kakakakakakakaka

    ResponderEliminar
  3. Para quê este nivel de comentario? E logo um benfiquista a começar, ainda me envergonha mais.

    Cresçam

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aí está o super herói paladino das internets, não aquele que queriamos mas aquele que desejávamos.
      Ah, e já agora, toda a gente se está a cagar para essa farda de polícia de comentarios daqui do blog que resolvesse vestir desde já uns dias. Ninguém precisa da tua aprovação para comentar o que quer que seja.

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...