22 fevereiro 2017

Alex Telles 'traiu' os dragões e a Juve aproveitou. FC Porto com tarefa muito complicada para Turim

O FC Porto perdeu (0-2) com a Juventus, em jogo da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Telles foi expulso na primeira parte (27') numa altura em que os dragões estavam bem no jogo. O resultado foi fixado já no segundo tempo, quando Pjaca (72’) e Daniel Alves (74’), ambos jogadores saídos do banco de suplentes.

A expulsão do defesa portista, que viu dois cartões amarelos no intervalo de dois minutos, “matou” as aspirações dos azuis-e-brancos na partida que, a partir desse momento, nunca mais conseguiram incomodar o guarda-redes Gianluigi Buffon, limitando-se quase só a defender.
A ideia do jogo portista passou a ser a de evitar que a Juventus marcasse um golo fora, factor importante nas eliminatórias das provas europeias. Mas essa missão falhou quando a partida se aproximava do seu quarto de hora final.
No jogo da segunda mão, agendado para 14 de Março, em Turim, o FC Porto terá a difícil tarefa de ter que marcar pelo menos três golos se quiser seguir em frente na Liga dos Campeões.

15 comentários:

  1. O Alex Telles pensou que o jogo era contra o Rio Ave, e que o arbitro era o Jorge Sousa..

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. face ao trabalho de enorme sucesso que o Luís Filipe Vieira tem feito no Benfica, uma possível candidatura do presidente encarnado à Federação Portuguesa de Futebol e/ou à Liga Portuguesa de Futebol PROFISSIONAL . O PEDRO GUERRA, uma pistola na cabeçinha ok!! Pronto.

      Eliminar
  3. O Alex Telles pensou que estava a jogar no campeonato português. Se o árbitro fosse português o Porto hoje tinha ganho. Como ganharam com o Tondela e o Rio Ave.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o Herrera levou 17 pontos num pé e nem falta foi! Isto já é correto então?

      Eliminar
    2. Até me vieram as lágrimas aos olhos. Mau era se lhe tivessem caído as orelhas!
      O quem tem isso a ver com a arbitragem de hoje?
      Podia ter sido muito pior, podia ter escorregado para uma ribanceira, como afirmou em tempos o famoso Guarda Abel.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. Muito bem fora de jogo, anda aqui um benfiquista, que goza com deficientes, goza com quem anda na CERCI, fala em mudar fraldas Por se ter autismo, e vocês nada, agora que alguém lhe chamou o que ele é, vocês tiram.... Mais um blogue de corjas vermelhas

      Eliminar
    5. Liga o caps lock, pode ser que alguém te ligue.

      Eliminar
  4. O árbitro não era do Porto nem de Braga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas era um gatuno, segundo as galinhas! Agora já nāo é?

      Eliminar
    2. Um gatuno por aplicar as regras, é isso?
      Ontem se teve mal foi em não ter dado vermelho directo

      Eliminar
    3. É por estes comentários de adepto doente, que ninguém vos dá mais atenção, á que se dá a um peido.

      Eliminar
    4. O árbitro era um gatuno...
      Na final de Sevilha, no jogo contra o Nápoles, agora já nāo é!

      Eliminar
  5. Comparado com o que o Pizzi fez aquilo foram carícias!

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...