12 janeiro 2017

Sporting não desarma. "Erros na Luz levaram a que o Sporting, em vez de sair dali em 1º lugar tenha saído em 4º lugar"; Penaltis sobre André André e Rafa: "A fava, como de costume, saiu ao FC Porto"


A arbitragem continua na mira do FC Porto e esta quinta-feira voltou a ser abordada na newsletter "Dragões Diário". Na publicação, o clube recorda a alegada grande penalidade sofrida em Moreira de Cónegos, para a Taça da Liga, num lance envolvendo André André. E compara-o ao castigo máximo assinalado por Carlos Xistra em Guimarães, depois de Rafa cair na grande área do Vitória.
"A diferença de critérios tem sido um cancro esta época no futebol português. Este é só mais um exemplo de como alguns árbitros aplicam de forma diferente as universais regras do futebol. A fava, como de costume, saiu ao FC Porto", surge escrito na newsletter.

Octávio Machado não se conforma com a avaliação feita pela Comissão Técnica da Arbitragem, liderada por João Ferreira, dos lances mais polémicos do último desafio entre Benfica e Sporting. O director-geral do futebol do Sporting considera que os analistas viram algo completamente diferente de todos os que assistiram ao jogo.
"Só três pessoas [Comissão Técnica] tiveram outra leitura dos factos. Parecem aqueles condutores que andam em contra-mão na auto-estrada sem reconhecerem que estão enganados", exemplifica para dar significa ao estado actual da arbitragem.
Nesta entrevista à Renascença, Octávio regressa ao dérbi e fala de "lances que tiveram influência decisiva no resultado" . Erros que "levaram a que o Sporting, em vez de sair dali em primeiro lugar, com um ponto de avanço, tenha saído em quarto lugar com cinco pontos de atraso".
Na reunião dos clubes com a Comissão de Arbitragem, na Cidade do Futebol, foram analisados esses dois lances envolvendo o Sporting, o que na opinião do dirigente leonino é uma situação "caricata". "Podiam ter mostrado o lance do terceiro golo que o Sporting sofreu em Guimarães. O penálti não assinalado frente ao Nacional, na Madeira", elenca, para determinar que "os árbitros têm de assumir que o momento não é bom"
"E com uma Comissão Técnica, liderada por João Ferreira [vice-presidente do Conselho de Arbitragem], com essa visão dos factos torna tudo preocupante", acrescenta.
Octávio reclama respeito pelo Sporting e diz que o clube vai aguardar pela visão da UEFA sobre os lances visados. "Se derem um parecer contrário, obviamente que o Sporting vai exigir que sejam retiradas todas as consequências dessa avaliação", observa o director-geral dos leões.
Por fim, Octávio Machado deixa um apelo de união aos sportinguistas, avisando que eventuais divisões só irão prejudicar o clube.
"É necessário, mais do que nunca, que haja união entre os responsáveis, jogadores, equipa técnica, simpatizantes, sócios Se eles percebem que com estas situações criam divisões no nosso seio não vão parar de nos castigar", conclui o dirigente do Sporting.

19 comentários:

  1. Sai mais um copo de tinto para o pitbull de palmela..

    ResponderEliminar
  2. Parece Octávio. Em 10 ex árbitros de primera liga 8 disseram que não era penalti o do Pizzi e 7 o do Semedo (sendo que um dos que diz que é penalti em ambos é colaborador do Sporting).
    Mas toda a gente viu os lances ao contrário da comissão, é isso e tu nunca teres falado mal do Jotinha enquanto eras paineleiro na cmtv.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou Portista mas realista. O caralho do penalty do Pizzi é penalty em qualquer parte deste planeta.
      Só não é penalty no planeta dos MACACOS (ENCORNADOS).

      Eliminar
    2. E o caralho do Pintinho que já devia estar preso há mais de 10 anos mas resolveu ficar cá fora mais um caralhão de anos apenas para ver o Benfica a caminhar para o tetra?

      Eliminar
    3. tu não és portista, és só um fdp dum alienado morcão pintista e mafioso !!!

      Eliminar
  3. Ó Daniel Gomes.... vai p'ro caralho!!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelos vistos o carneiro quer companhia...

      Eliminar
    2. Estou a espera que me larges o meu, anónimo.

      Eliminar
  4. uma mão (CA) lava a outra (benfica) e ambas lavam a cara (da falta de vergonha)

    ResponderEliminar
  5. o vouchers tem a 2 maior divida da europa, a culpa é do vouchers.....ups pois é mas estas nao interessam!!

    o que interessa é minimizar a ideia de que o vouchers manda nesta porcaria toda e como tal bora tornar isso ridículo pondo caes a roer o sofá e a dizer que a culpa é dos vouchers pois é uma boa maneira de descredibilizar que a culpa é mesmo do vouchers

    ResponderEliminar
  6. Sejamos realistas , então , ò Anonimo das 15:07. Eu, como Benfiquista que sou, de alma e coração, se visse o Porto em vias de ganhar o Tetra... também inventava desculpas mirabolantes , nomeadamente que a culpa seria da arbitragem ... ou da mulher a dias que faz a limpesa lá para os lados do Dragão ...ou até, quem sabe , da côr do papel higiénico que os jogadores usam... DEIXEM-SE DE PALERMICES E JOGUEM À BOLA ... SE PUDEREM E SOUBEREM.
    VIVA O GLORIOSO ; O TETRA É JÁ ALI!!!

    ResponderEliminar
  7. Quando ganhavam valia td!!!joguem a bola mas é.....

    ResponderEliminar
  8. J de JOÃO ROSA – Estava-se em 1985-86 e o campeonato seguia animado com a luta Benfica-F.C.Porto na frente da tabela. Este árbitro eborense foi nomeado para um Salgueiros-Benfica, no qual acabou por apenas não meter a bola dentro da baliza dos da Luz com as suas próprias mãos. De resto fez tudo para o Benfica perder pontos, acabando por “conseguir” um empate a um golo. O sistema estava a atingir o auge dos seus tempos mais tenebrosos.
    Outro Rosa, mas este Santos (embora apenas de nome…), foi também figura de proa do sistema que construiu a hierarquia do futebol português que hoje temos. Uma vez em Loulé, permitiu a marcação de um livre sem ter apitado nem os jogadores algarvios terem formado barreira. Esse lance valeu uma eliminatória da taça para o F.C.Porto. Hoje continua a fazer alguns favores aos dragões, comentando arbitragem no jornal “O Jogo”.

    ResponderEliminar
  9. Calma Anónimo, ser o 2º clube com mais dívida segunda a Uefa, viva ao 3º maior devedor ao bes, ao Orelhas pois claro!

    José Veiga

    ResponderEliminar
  10. NOTÍCIA DA IMPRENSA:

    “”OCTÁVIO MACHADO foi a voz da revolta sportinguista esta quinta-feira, devido à análise dos lances do último Benfica-Sporting no Conselho de Arbitragem, na quarta-feira, em que foi dada razão a Jorge Sousa nos polémicos lances do dérbi. O diretor geral do futebol profissional do Sporting diz que a atitude do CA "espanta e merece repúdio", garantindo que a resposta será dada em campo””

    REPÚDIO MERECIA AQUELA PRESSÃO
    QUE FEZ DURANTE 90 MINUTOS
    AO FISCAL DE LINHA
    (CORRENDO AO LADO DELE, JUNTO À LINHA LATERAL,)
    NO FAMOSO FCP X SLB
    QUE DEU O TÍTULO AO BENFICA
    COM 2 GOLOS DE CÉSAR BRITO

    ISSO É QUE MERECIA REPÚDIO

    O SR OCTÁVIO SABE DO QUE ESTAMOS A FALAR

    TALVEZ FOSSE MELHOR IR PRÓ LUME

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Simone, como o 'baptizaram' em Palmela é cão que não conhece dono !...ladra a mando e por quem lhe paga. É só mais um asno arrivista a descrebilizar, os tristes e eternos derrotados do lagartedo.

      Eliminar
  11. e ninguém cala esta choradeiraaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderEliminar
  12. uma imagem vale mais que mil palavras.

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...