18 janeiro 2017

Saída de JJ em discussão; Juve Leo arrasa estrutura e jogadores; Chegada de madrugada complicada em Alvalade

A principal claque do Sporting garante não pretender influenciar resultado das eleições do Sporting, mas critica que "alguns lembraram-se que o Sporting existia e saíram da toca há dois meses, única e exclusivamente para desestabilizar o Sporting Clube de Portugal, aproveitando os maus resultados da equipa."
O extenso comunicado, em nome da Juventude Leonina, surge publicado na página de Mustafá, líder da principal claque do Sporting. O tom das críticas vai de encontro ao ambiente em que vive a equipa depois do empate com o Chaves, em jogo da I Liga; e potenciado com a eliminação da Taça de Portugal no mesmo estádio e perante o mesmo adversário.
"Aqui todos são culpados. Toda a estrutura merece a contestação dos sócios", pode ler-se no texto no qual a claque procura responder a uma pergunta."Em face dos maus resultados e das exibições medíocres protagonizadas pela equipa de futebol profissional do Sporting Clube de Portugal, vem a Juventude Leonina questionar, de quem será a culpa? Da estrutura? Da equipa técnica? Dos jogadores?".
A claque considera que a culpa é de todos. "Estrutura a quem questionamos a realmente mais valia de alguns jogadores contratados, que nem na distrital têm lugar, em vez aproveitar os nossos talentos da formação que estão a dar cartas em outros clubes", lê-se.
"Uma equipa que ganha ao porto em casa, faz uma exibição brilhante em Madrid elogiada por toda a Europa, e não ganha, como todo o respeito, a um Chaves que acaba de subir de divisão e que comparado com o Sporting Clube de Portugal, nem um terço dor orçamento tem, deixa-nos envergonhados", pode ainda ler-se.



Chegada complicada. Pouco passava das 2h00 quando o avião que transportou a equipa do Sporting, a partir do Porto, aterrou no aeroporto de Lisboa e nem meia hora foi necessário para que a viagem de autocarro para Alvalade tivesse início. E minutos depois, após cumprido o trajeto com escolta policial, a comitiva leonina chegou finalmente ao estádio onde as forças de segurança já tinham tomado todas as medidas para que a chegada tivesse lugar sem qualquer incidente.
"Palhaços joguem à bola", gritaram as dezenas de adeptos que aguardavam a equipa, protagonistas de uma chegada com assobios e apupos e que obrigou, pouco depois, a polícia a agir de forma a afastar esse grupo de adeptos exaltado do local de onde saíram os carros dos jogadores e equipa técnica. Um a um, os carros foram deixando a garagem do estádio, momento aproveitado pelos adeptos para mais apupos e assobios.
Recorde-se que Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, não cumpriu a viagem com a restante comitiva leonina.

A rescisão do contrato entre Jorge Jesus e o Sporting está a ser discutida entre os responsáveis máximos da SAD liderada por Bruno de Carvalho. Segundo O Jogo, o presidente leonino, logo após a eliminação da Taça de Portugal em Chaves, acentuou a sua reflexão contínua sobre a forma como irá resolver financeiramente a saída do treinador, que aufere cerca de oito milhões de euros brutos por temporada, o que, em caso de rescisão unilateral por parte da S AD, implicará um pagamento de uma indemnização na ordem dos 20 milhões de euros por força do contrato válido até junho de 2019.
As próximas horas podem ser decisivas na definição do rumo que já estava a ser traçado, escreve o diário. Em Alvalade há a forte consciência de que Jorge Jesus chegou ao fim da linha e que este poderá mesmo não orientar a equipa no Funchal, sábado, frente ao Marítimo. Certo é que dificilmente Jorge Jesus irá abdicar dos seus direitos e essa é uma questão que os dirigentes leoninos vão procurar contornar, dado que a quebra de confiança entre as partes e deterioração do relacionamento entre presidente, treinador e jogadores é uma realidade que internamente ninguém esconde. A pressão dos adeptos e o cenário eleitoral são mais dois dados relevantes que estão a forçar o líder leonino a agir, colocando o ónus dos resultados negativos – apenas restam as ambições na Liga, onde o Sporting figura na 4.ª posição – na política errática de contratações, a maioria delas recomendadas e pedidas por Jorge Jesus.
Ontem, após o fracasso frente ao Chaves, Jorge Jesus acabou por ficar retido na bancada central findo o encontro, vendo os protestos dos adeptos quando parte dos seus jogadores procuraram agradecer o apoio dos mesmos, isto com Bruno de Carvalho por perto, sempre de mãos nos bolsos. Pensativo, o líder leonino seguiu imediatamente para o seu carro rumo a Lisboa (a equipa viajou de avião) e poucos foram os que o viram junto dos atletas, não se repetindo o que aconteceu no final do desafio da Liga, em que Bruno de Carvalho foi ter com os adeptos, justificando-se. O reforço policial foi uma realidade, mas a contestação não deixou de ser feita. Os adeptos leoninos, entre a festa dos da casa, soltaram reclamações como “palhaços joguem à bola” e mais uma série de impropérios próprios do momento. 
No átrio do aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, juntaram-se alguns adeptos, entre os quais o líder do Núcleo de Matosinhos, Carlos Monteiro, que se aproximou de Jesus e lhe disse que os jogadores estão a “fazer-lhe a cama”, ao que o treinador respondeu: “Não diga isso.” Várias palavras de ordem foram dirigidas aos jogadores, acusando-os de “não darem o máximo”, lembrando que os atletas passam e a instituição fica.

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    2. Dizia eu q os Paulinhos unidos jamais serão vencidos!

      Eliminar
  2. Gabam-se de ter ganho ao Porto, esquecem-se é de asusmir COMO!
    TENDE VERGONHA! Ganhaste com uma arbitragem que foi um autêntico SAQUE, ao nível do "limpinho, limpinho" que tanto vos custou a engolir...
    Ir a Alvalade e ser prejudicado é normal, mas o que se passou na última vez ultrapassou todos os limites... 1/5 em vosso desfavor e tinham feito o quê?
    É só ver o que fizeram com o Setúbal, foram beneficiados (penalti CLARO do Coates), o outro penalti aceita-se. e Fizeram uma tempestade!
    É nisto que se nota a diferença entre o Porto e os clubes mimados do centralismo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem calma corrupto q miminhos pagaram vocês aos árbitros durante mtos e bons anos. E é nisso q se nota a diferença entre o Porto e os outros clubes.

      Eliminar
    2. Sim lavadinho, pagamos para ganhar ao Beira Mar, Estrela.. no tempo do Mourinho... CAMPEÃOES EUROPEUS seu acéfalo!
      Os clubes de Lisboa tem moral 0 para apontar o dedo seja a quem for, ZERO!
      É ver futebol e não comer o que vomita a propaganda centralista lisboeta!
      Felizmente NUNCA ganharam nada lá fora em Democracia!
      Acordem!

      Eliminar
    3. Sim, acredita nisso, corrupto. E sim, pagaste para ganhar ao Beira Mar. O jogo antes duns quartos de final ou meia final da Champions.
      E se pensas q foi só nessa época ou comes tudo o q te dão ou é apenas mais um corrupto cinico.
      Recua ao final dos anos 80 e presta atenção aos anos 90 do teu clube. O habito de corromper arbitros ja vinha de longe na época do Mourinho.

      Gosto tb desse 'Felizmente'... Portanto se a lotaria dos penalties em 1988 ou 2014 tivesse ido para o outro lado, isso estragava-te o argumento, era? E é tb duma deliciosa ironia ver um clube q teve como presidentes lideres da União Nacional e q tem o mm presidente vai para 40 anos a falar em democracia...

      Eliminar
    4. Que eu saiba o Presidente não usurpou o poder nem permanece lá à custa de uma ditadura mas sim devido à sua gestão. Comparar a longevidade na presidência com a falta de democracia é de uma mente muito pequenina.

      Eliminar
    5. Confundir democracia com gestão (seja ela boa ou má) é de uma triste ironia e ignorância, para não dizer hilariante.
      Em Cuba também há eleições... e um único candidato, que era sempre o mesmo...
      E só em ditaduras ou pseudo-democracias é que aparecem dirigentes mortos nas instalações de um clube, sem que nada seja investigado e muito pouco (ou nada) noticiado...
      A familia do sr. Mesquita Alves que o diga...

      Tenham vergonha, traFicantes, Corruptos e Proxenetas.
      A vossa história será sempre a de campeonatos e titulos internacionais comprados em supermercados (de fruta).
      Sempre.
      última nota: em que dia foi inaugurado o estádio das antas? 28 de Maio de 1952.
      E que data era essa senão a da comemoração da implementação da ditadura militar em Portugal? o mesmo dia em que, 26 anos antes (em 1926) foi dado o golpe militar que instaurou o Estado Novo, golpe curiosamente dado a partir da marcha do Gen. Gomes da Costa em direcção a Lisboa.
      Mais: quem é que evitou a descida do fqp à 2ª divisao nas épocas de 39/40 e 41/42, alargando para o efeito o numero de clubes participantes na 1ª divisão? Uma chamada "medida"... "à medida".
      É um facto que todos os clubes tiveram apoios do e ligações ao antigo regime.
      Mas o unico que manteve as práticas desse regime, depois do 25 de Abril, foi o fqp, a partir do momento em que PdC se apoderou do clube, fazendo a folha inclusive a anteriores dirigentes.
      Não há democracia quando só há um candidato.
      Há sim, ausência dela.
      Fará em Abril, 35 anos.

      Eliminar
    6. A confusão é sua, eu estou perfeitamente esclarecido. A Democracia é um regime em que os cidadãos, neste casos adeptos, participam de forma livre. Os adeptos do Porto assim o têm feito. Na era de Pinto da Costa na maioria das vezes com um único candidato e por duas vezes se debateu com Martins Soares. Mas a sua ignorância é basta neste domínio. E de futebol deve saber que a bola é redonda e pouco mais. Quanto ao tráfico e corrupção os seus telhados são de vidro, e pouco temperado.

      Eliminar
  3. Não vejo grande diferença sinceramente. Não jogam nada e procuram culpados fáceis. Está ela por ela. Curioso falar de Setúbal, onde caiu o Carmo e a Trindade por um não-penalty sobre Octávio.

    ResponderEliminar
  4. O outro apostou 100€ em como o Chaves ganhava ao Esportinga. Eu vou apostar 1000€ em como o Maritimo também lhe ganha. Foi o MELÃO que tenho lá em casa que previu, caiu para o lado do Sporting e... esborrachou-se . Mal empregado melão. Mas os 1000€ que vou ganhar vai dar para comprar outro para mim , mais alguns para enviar para o SPORTINGA e o troco ... é para comprar um bilhete para o jogo de consagração do TETRA !!!!!!
    SAUDAÇÕES LAMPIÓNICAS, MEUS AMIGOS .

    ResponderEliminar
  5. Com o nelson evora é outra coisa.Campeões do triplo salto,para fora das competições europeias, da taça de Portugal e da taça da liga.

    ResponderEliminar
  6. Quem tem moral para falar de árbitros é o clube do CALABOTE, do colinho, do limpinho limpinho, dos tuneis, do estorilgate, da porta 18, dos vouchers...
    TENDE VERGONHA!!
    É de facto pena que a partir de certo limite a falta de vergonha, hipocrisia ou demagogia não dê 2 chapadas bem assentes, ia acorda muito adepto do clube do regime e do seu vizinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faltava aqui a virgem ofendida corrupta, sedenta de andar à chapada.
      Atira para o ar as acusações de café do costume e dps faz birra. N ter vergonha na cara dá nisto.

      Eliminar
  7. O clube que oferecia viagens de árbitros ao Brasil. O juiz Cruz Pereira que foi mandado recolher aos Tribunais por andar a fazer trafulhices no Conselho de Arbitragem. O guarda Abel. A tentativa de agressão a repórter da RTP em direto. O presidente e o seu vice do Conselho de Justiça que abandonaram uma reunião para evitar uma decisão contra o FCP. O Guimaro das quinhentinhas.O Reinaldo Teles que deixou de falar ao telefone. As escutas declaradas ilegais por não serem do conhecimento do sr. Pinto da Costa. O funcionário do Tribunal do Porto que avisou o papa de que iria ser detido. O paoa cavou para Vigo onde negociou! a sua ida a Tribunal escoltado pelo sr. Pidá. Tem válido tudo. É preciso lata.

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...