03 janeiro 2017

O alvo do FC Porto; "O Sporting podia estar na frente. Não está devido a erros de um árbitro", diz BdC que explica ainda a situação do fumo com o presidente do Arouca

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, em entrevista ao jornal Record aborda a luta pelo título, o momento do clube, a arbitragem de Jorge Sousa, o mercado mas também algumas polémicas envolvendo o Benfica e o caso do túnel, depois do jogo com o Arouca.
Com 15 jornadas disputadas, o Sporting ocupa, por esta altura, o quarto lugar da I Liga, com os mesmos 30 pontos do Vitória de Guimarães e a oito pontos do líder Benfica.
No entanto, as contas não abalam a confiança de Bruno de Carvalho, que, em entrevista ao jornal Record, demonstra total confiança na capacidade de Jorge Jesus: “Continuamos com uma fé inabalável de que maio está longe e que ainda vamos ser felizes”.
“Por tudo: pelo conhecimento que tem do futebol e pelo trabalho magnífico que tem estado a fazer. Infelizmente, a verdade dos factos é que podíamos estar à frente do campeonato e não estamos, devido a erros de um árbitro [Jorge Sousa]. Podíamos estar à frente e de certeza absoluta que os resultados seguintes teriam sido diferentes, pois haveria outra mentalidade, outra disponibilidade”, sublinha, recordando a derrota sofrida na Luz.
Ainda assim, o presidente do Sporting reconhece que houve mudanças “muito positivas” no Conselho de Arbitragem, “de há um ano para cá” e diz-se feliz com “a mudança que foi feita e a vontade que se tem demonstrado em continuar a mudar”.
Bruno de Carvalho revelou, ainda, o que provocou os polémicos incidentes com Carlos Pinho, ocorridos no túnel de Alvalade após o encontro com o Arouca: “Ele passa por mim, dá dois passos, vira-se e diz qualquer coisa como ‘você é um vigarista, um mentiroso’. Fecho a porta e borrifo-me”.
“Eis senão quando, já depois da passagem do Jefferson e do Campbell, vem o [Carlos] Pinho, de dedo levantado, a dizer ‘você é um vigarista’. Eh lá! Uma vez está bem. Duas já não. A única coisa que lhe disse foi: ‘O que é que você quer?’. E toda a gente vê que quando ele mete o dedo no ar coincide comigo a inspirar o fumo do cigarro eletrónico. O senhor empurrou-me! Ora, se tiver fumo dentro da boca e se lhe der uma pancada na barriga, o fumo sai-lhe”, afirma.
Finalmente, no que ao ‘dossiê Gelson’ diz respeito, o presidente leonino mostra-se tranquilo quanto à continuidade do jogador em Alvalade, até porque, ao contrário de outros tempos, em que “as direções não sabiam o que estavam a fazer e os atletas, que não tinham ninguém que lhes fosse capaz de dizer ‘não’ por isto, isto, isto e isto”, esta é uma situação que não inspira cuidados.
“Os jogadores devem sair daqui com dois fatores: terem dado títulos ao Sporting e estarem preparados para enfrentar a alta competição. Neste momento, acho que o Gelson ainda não tem um, nem outro”, conclui.

Algumas soltas da entrevista:

Coates: Há uma cláusula de compra de 5 milhões de euros. É uma questão de tempo até Coates ser jogador do Sporting a título definitivo. Sem dúvida nenhuma.

Alan Ruiz: Não brinquem comigo! Há 550 mil transferências de 8, 9 ou 10 M€. Do Sporting, sim. Certo. Calma! O que digo é que o Alan acabou de chegar e não veio para Lisboa em forma. Esteve a trabalhar para recuperar a forma e é um daqueles jogadores que de facto ainda tem um longo caminho a percorrer até perceber o que é o Sporting e a metodologia de treino de Jorge Jesus. Mas isso… temos a obrigação de o fazer entender rapidamente estas duas coisas. Agora, que ele tem valor para esse dinheiro e que não vamos perder dinheiro com ele, isso tenho a certeza.

Markovic: Markovic vai continuar até ao final da época e acho que será um jogador importante. Temos de dar tempo ao tempo. O talento está todo lá e acho que, mais cedo ou mais tarde, vai explodir. Ele nos últimos anos tem muitos jogos nas pernas? Não me parece. Tinha um grau de exigência enorme quando trabalhou com o Jesus. Depois jogou pouco e agora está a voltar. É quase como alguém que faz todos os dias 10 quilómetros e que, durante dois anos, faz apenas 100 metros. Depois colocam-nos novamente nos 10 quilómetros e chega o ‘ai’. Markovic tem de ultrapassar o ‘ai’ o mais depressa possível. O campeonato é longo e é por isso que temos plantéis.

Vitória em Belém: A mim tirou-me um grande peso de cima como presidente, porque acho que era uma injustiça total. Tirou-me enquanto sportinguista, pois acho que é de uma injustiça total nós estarmos na posição em que estamos. E tirou-me perante as pessoas porque eu só olhava e pensava ‘não é justo, não é merecido’. E mesmo para a própria equipa. Mais uma vez, não era merecido que não tivéssemos ganho ao Belenenses. Um caudal ofensivo tremendo e... mais uma vez poderíamos ter tido um mau resultado. Vá lá, acabaram-se os ‘ais’... Ao contrário do que toda a gente pensa, não tenho o coração ao pé da boca. Tudo o que digo é pensado milimetricamente. Mas há uma coisa de que não sou capaz, que é fingir que não tenho responsabilidade. Quando vim para o Sporting sabia que ia ter nas minhas costas o coração de 3 milhões e meio de pessoas que acreditam e confiam.

Bakkali pode vir a ser o extremo com o qual Nuno Espírito Santo gostaria de reforçar o seu plantel na atual janela de transferências. De acordo com o jornal Record, a SAD portista fez uma abordagem ao Valencia, de Espanha, pelo empréstimo do belga, de 20 anos.
Bakkali esteve longe de ser uma peça importante na equipa che na primeira metade desta época, contando apenas nove utilizações, todas elas a saltar do banco de suplentes. O extremo é conhecido de Nuno Espírito Santo, tendo chegado ao sul de Espanha no início da última temporada quando o atual técnico portista estava ao comando do Valencia. Sob as ordens do português, Bakkali disputou 12 encontros, quatro deles a titular, e apontou um golo. Como se percebe, este conhecimento prévio entre Nuno Espírito Santo e o jovem jogador poderá vir a ser decisivo no desfecho deste processo.
Esta época, tanto sob a orientação de Pako Ayestarán como, mais recentemente, de Cesare Prandelli, o seu espaço tem sido bastante reduzido, mas a recente mudança técnica – o italiano demitiu-se – poderá colocar alguma água na fervura relativamente a uma decisão final.
Bakkali, com duas internacionalizações pela seleção principal belga, é um extremo de origem marroquina, de alta habilidade técnica, que joga preferencialmente com o pé direito, mas capaz de assumir os dois flancos.

7 comentários:

  1. Mas como é que o scp podia estar na frente???
    Tudo tretas para ""embebedar" os sócios
    Tretas e muitas

    Vamos só falar em 3 jogos
    porque se for preciso falaremos em todos

    SLB x Setúbal
    o benfica foi prejudicado

    Maritimo x SLB
    o benfica foi prejudicadop

    scp x FCP
    o scp foi beneficiado

    Só com estes 3 jogos como seria possível o scp estar na frente???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. brutal as contas destes tipos!!

      mete dois joguitos onde foi prejudicado, claro está, os jogos que perderam, poque se nao fossem roubados isto era um passeio com 34 vitorias seguidas durante anos a fio...ah grande vouchers!!! niguem vos para!!!

      agora percebo que com o limite de caracteres que tens por comentario nao ponhas os jogos em que o clube dos vouchers foi beneficiado, por isso mais vale por só os dois em que foram "prejudicados"

      o Sporting ser roubado?? qual quê, quando perdemos é limpinho limpinho, quando ganhamos é roubo!!!

      voces metem nojo porque foram anos a chorar e o apito dourado isto, e o apito dourado aquilo, e agora, lá na poltrona onde andam, está tudo maravilhoso, o campeonato portugues como sao voces a ganhar agora sim é limpinho limpinho e tudo ficou honesto, tao honesto que ate deixaram de dar os vouchers!!!!!

      Eliminar
    2. Até gostava de ver essa tua lista de jogos onde o tricampeão foi beneficiado, Paulinho.

      Eliminar
    3. o Jorge Sousa deve estar a mandar gargalhadas!!!!

      os árbitros fabricados pelo clube dos vouchers também se devem estar a rir na mesa da catedral da cerveja enquanto por 30 euros comem lagosta e bebem champanhe!

      se houvesse honestidade no futebol, nem bi campeão eras quanto mais tri.


      Eliminar
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
  2. A conversa deste manhas é de estalar a rir. Mente com quantos dentes tem, sonha e inventa fábulas como se estivesse a falar para putos de 8 anos.

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...