31 janeiro 2017

Autocarro do Benfica atacado à chegada ao Seixal. Ouviram-se petardos e tiros (Vídeo); Corona à pancada com um elemento dos Super Dragões; Jorge Mendes coloca médio no Benfica; Bruno de Carvalho acusa Madeira Rodrigues de desestabilizar o balneário

Chegado ao último dia da janela de transferências de inverno, o Benfica tem "praticamente garantida" a aquisição do médio-centro Filipe Augusto, que nesta época vem evoluindo no Rio Ave, equipa onde se destacou, pela mão de Nuno Espírito Santo, nas temporadas 2012/13 e 2013/14, tendo ingressado no Valência, a título de empréstimo, no ano desportivo seguinte. Pouco feliz em Espanha, regressaria às origens. Já em 2015/16 vestiu a camisola do Braga, cedido temporariamente pelo emblema vila-condense, com o qual termina contrato a 30 de junho do corrente ano.
Representado por Jorge Mendes, o médio brasileiro, nascido há 23 anos na Bahia, desempenha preferencialmente as funções de segundo médio (posição "8"), mas também pode alinhar na zona mais defensiva da linha intermediária.
Na corrente temporada, restabelecido de uma lesão ligamentar, começou a atuar pelo Rio Ave já no fim de novembro, tendo realizado oito jogos no campeonato e um na Taça da Liga. Apontou dois golos e fez uma assistência.

Petardos e polícia no Seixal. Depois da derrotada equipa encarnada em Setúbal (1-0), alguns adeptos do Benfica deslocaram-se ao Seixal e manifestaram-se deforma agressiva, contestando o rendimento da equipa. Ouviram-se petardos e tiros e foi mesmo necessária a intervenção da polícia para acalmar os ânimos. Hoje, o plantel regressa ao centro de treinos para realizar mais uma sessão de trabalho, no pior momento da época.



A noite de folga de Jesús Corona não podia terminar pior. O extremo portista envolveu-se numa cena de pancadaria com um elemento da claque Super Dragões, ao princípio da madrugada de ontem (01h00), no interior do Casino de Espinho, escreve o CM e o Record. 
Num momento de euforia, o mexicano foi abordado de forma insultuosa por um outro cliente. O homem, reconhecido como elemento da claque Super Dragões, não gostou de ver Jesús Corona àquela hora na sala de jogo tradicional. 
"No FC Porto não jogas mais, o presidente vai saber disto agora mesmo. Passo os noventa minutos a gritar por ti", gritou-lhe o adepto. A troca de palavras agudizou e Jesús Corona decidiu reagir, acabando por se envolver numa cena de pancadaria. 
O jogador de 24 anos estava acompanhado por um amigo, que se intrometeu e evitou que as agressões tomassem proporções mais graves. O ambiente na sala acabou por ficar explosivo e as autoridades foram chamadas. A PSP confirma a resposta, cerca da 01h00, a uma altercação entre clientes, mas quando chegou já os ânimos tinham serenado. Não foi apresentada queixa e o atleta regressou a casa. 
Jesús Corona é visita assídua do casino e é acompanhado, habitualmente, pela família. O plantel portista gozou dois dias de folga, regressa hoje aos trabalhos e o jogador, que marcou um dos golos na vitória portista com o Estoril no sábado (2-1), aproveitou a noite de domingo para alguns momentos de lazer. Fonte do FC Porto revelou ao CM que não será tomada uma posição oficial.

Guerra aberta. A formalização das candidaturas de Bruno de Carvalho e Pedro Madeira Rodrigues à presidência do Sporting ainda não sucedeu, mas ambos já estão em guerra aberta. Se anteontem, no périplo pelos núcleos de Azeitão, Quinta do Conde e Sesimbra, Pedro Madeira Rodrigues endureceu o discurso, visando o líder do clube, acusando-o de mentir no número de adeptos presentes nos últimos jogos em Alvalade, colando-o aos insucessos desportivos e à continuidade por si contestada de Jorge Jesus, ontem foi a vez de Bruno de Carvalho reagir, através da conta eleitoral na rede social Facebook, disparando sobre o opositor de 4 de março: “Existe um sócio do clube, que, tendo apelado a que este fosse um período [eleitoral] de elevação tem demonstrado exatamente o contrário. [...] O Sporting não pode ser prejudicado por intervenções absurdas, sem respeito institucional, reveladoras de total falta de noção da realidade e que apenas têm servido para prejudicar, de forma factual, o clube e diminui-lo perante os nossos rivais e parceiros”,escreveu.
Bruno de Carvalho enumerou por pontos o seu contraditório, escrevendo que Pedro Madeira Rodrigues “não concretizou” as pressões sobre pessoas – que este critica o estado do futebol de formação que “em todos os escalões estão em primeiro lugar ou na liderança” –, e “desestabiliza totalmente o balneário ao contabilizar de forma deprimente os jogos que o atual treinador [Jorge Jesus] irá dirigir”. O presidente leonino foi mais longe e apelou ao “apoio dos adeptos no Dragão”: “Para quem jogou à bola, a aprendizagem foi pouca e o respeito pelo clube é nulo. Acusar o clube de estar a mentir nas assistências, prejudica a sua reputação junto dos atuais patrocinadores e parceiros com quem estamos a negociar.” A expressão “ladrar” é vista como uma “humilhação e ofensa” aos adeptos, assim como a acusação de Bruno de Carvalho receber prémios por objetivos acima do normal é vista como “maldosa”. Pedro Madeira Rodrigues tinha aumentado o volume na véspera. “Quem quiser Jorge Jesus fora do Sporting sem pagar vote em mim, caso contrário vote em Bruno de carvalho. É o único que terá de pagar indemnização. [...] Não vale a pena dizerem-nos que estiveram 43 mil pessoas em Alvalade [n.d.r. Paços de Ferreira], não é verdade e não somos estúpidos”,disse,esclarecendo a utilização da palavra “ladrar” com um pedido de desculpas: “Queria utilizar o provérbio ‘cão que ladra não morde’, saiu-me mal, mas esse é o Sporting de hoje em dia.”

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. DESCARREGA BOIFICA

    Cucurucucu...
    Cucurucucu...
    Cucurucucu...

    ResponderEliminar
  3. Tiros ou petardos?Se calhar tambem foram cocktail molotovs e nao tochas.

    ResponderEliminar
  4. Quando as galinholas começam a sentir o rabo apertado, dá nisto. #MelhoresAdeptosDePortugal

    ResponderEliminar
  5. Quem lê as notícias não pode ficar contente, nenhum dos três!

    Mas quero dizer que há adeptos que me parecem ser do SCP que estão a ficar com uma mentalidade assustadoramente idiota. O uso de certas expressões denotam por vezes problemas psiquiátricos, inclusive. Pena escreverem anonimamente o que dificulta a chegada de ajuda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exato, a culpa é do arbitro mas temos de atirar petardos á equipa, isto sim é mentalmente saudável. Só faltava mesmo dizer que a recepção foi organizada pelo Bruno de Carvalho para termos a certeza dos problemas psiquiátricos.

      Eliminar
    2. Engraçado como só consegue ver comentários de adeptos do Sporting "assustadoramente idiotas"! Eu ontem vi atitudes "assustadoramente agressivas" dos adeptos benfiquistas!
      Pena é assinar Litos o que dificulta uma tentativa de ajuda! Saudações Leoninas

      Eliminar
  6. #aculpaédoBrunodeCarvalho

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...