10 dezembro 2016

Alarme em Alvalade. Adrien e Gelson estão doentes; Benfica na corrida por prodígio sueco. Tubarões europeus complicam; Barcelona pode 'atacar' baliza do Benfica

Os rigores do inverno e as diferenças térmicas de Portugal para a Polónia fizeram subir a temperatura de Adrien e Gelson, que ainda não pisaram o campo de treinos desde que voltaram de Varsóvia, onde o Sporting se despediu das competições europeias desta época. O influente duo verde e branco contraiu gripe e ainda não saiu da cama desde que regressou a Lisboa. Embora tal ainda seja possível, não é certa a sua presença no dérbi de amanhã na Luz.
Segundo informações recolhidas pelo jornal O Jogo, o capitão e o extremo que são titulares crónicos da formação leonina começaram a acusar sintomas de gripe logo após o desafio em casa do Légia, um estado que se agravou após o regresso à capital portuguesa. Nos últimos dois treinos, nem o campeão da Europa, nem o jovem ponta-direita que deixou boa impressão na fase de grupos da Liga dos Campeões e se tem apresentado em grande forma ao longo desta temporada compareceram aos trabalhos. As próximas horas poderão dizer algo mais sobre as respetivas aptidões para um embate que se reveste de particular importância para as aspirações do Sporting.
Consequentemente, Jorge Jesus tem tido mais algumas razões para ponderar outros cenários, que passem pela indisponibilidade de duas pedras de capital importância no seu onze-base.
Não obstante ter estado perto de deixar o Sporting nas derradeiras horas do último mercado de transferências, Adrien manteve-se nas fileiras leoninas ao mesmo nível e a equipa sofreu com a sua ausência, fruto de lesão no joelho esquerdo. Gelson é a mais consistente e desequilibradora força no futebol flanqueado leonino e as atenções estão nele centradas para o dérbi que aí vem.

Alexander Isak, avançado do AIK Solna, da Suécia, está a ser atentamente seguido pelo Benfica. As qualidades do jovem futebolista, de 17 anos, agradam aos encarnados, mas as pretensões do clube, que querem mais de 10 milhões de euros, são um obstáculo, escreve o Record.
Internacional sub-21 por aquele país nórdico, Isak estreou-se este ano pela formação principal do AIK, segundo classificado do campeonato local. No primeiro encontro que realizou pela formação principal do AIK, a 28 de fevereiro passado, frente ao Tenhults IF, para a Taça da Suécia, entrou aos 76 minutos e marcou o sexto e último golo do triunfo. No campeonato, conseguiu dez remates certeiros em 24 presenças.
Agenciado por Vlado Lemic, empresário de Matic que mantém relações privilegiadas com os encarnados, Isak impressionou nas observações de que foi alvo. Os relatórios são altamente favoráveis.
Segundo o diário, a primeira abordagem junto do AIK foi feita por Lemic. O problema está nas exigências dos dirigentes suecos, que querem mais de 10 milhões de euros, ainda que em objetivos, por um jogador que termina contrato em 2018.
Para dar força às pretensões dos nórdicos está o facto de o jogador ser desejado por ‘tubarões’ europeus. Manchester United, Chelsea e Borussia Dortmund estão atentos ao prodígio sueco. Mas não são os únicos. Real Madrid, Bayern Munique, PSG, Juventus e West Ham também o seguem.
Já apelidado como o novo Ibrahimovic, Isak, segundo a ‘Marca’, esteve recentemente em Madrid, tendo visitado, na companhia da família, o centro de estágio dos merengues. Aquele diário adiantou que o campeão europeu está disponível para oferecer quase 11 milhões de euros pela contratação do avançado.

Ederson está sinalizado por elementos do scouting do Barcelona. Segundo O Jogo, os observadores do campeão espanhol identificam Ederson como um guarda-redes “com perfil para representar clubes de ponta”, recomendando-o entre potenciais alvos futuros para as redes blaugrana, estando a proteção das mesmas, por enquanto, entregue ao alemão Ter Stegen – e também ele foi tentado pelo Manchester City no último defeso, mas quem acabou por ingressar no gigante da Premier League foi o chileno Claudio Bravo, seu ex-colega na Catalunha.
Com apenas 23 anos, Ederson tem vários emblemas a acompanhar a sua trajetória e motivou uma abordagem do Inter de Milão no fim da temporada passada, quando o clube italiano foi confrontado com a possibilidade de ter de negociar o titularíssimo Handanovic, que dera sinais de insatisfação.

15 comentários:

  1. É conhecida a técnica do JJ, já dos tempos do Benfica: antes dos derbys ou clássicos há jogadores importantes que estão em dúvida. Depois jogam sempre e em perfeitas condições. Já não engana ninguém.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. até parece que em varsóvia não estava a nevar e que aqui em lisboa estão uns agradáveis 18ºC em dezembro.

      os lampiões são parvos desde 1908.

      Eliminar
    2. Aí está uma exemplo da especialidade da osgalhada: comer gelados com a testa.

      Eliminar
    3. Méééééééééé

      Eliminar
    4. Esta tanga dos batráquios do fosso a céu aberto, é de nos 'cuspirmos' todos à gargalhada !... São uns 'cómicos'que estão completamente acagaçados !...

      Eliminar
    5. Lololol. Um portista a fazer um comentário sem qualquer maldade, leva com 4 burros a responder como se soubessem tudo. Top

      Eliminar
    6. Este é o nabo que falava em racismo contra deficientes, agora vem falar em burrice. Top

      Eliminar
    7. E como chegas tu à conclusão de que somos a mesma pessoa????????? Eh cada burro mesmo...

      Eliminar
    8. Basta ver o tipo de escrita. Fácil.
      E mais uma vez, continua a demonstrar a tua falta de inteligência que um gajo ri-se. É cada burro mesmo...

      Eliminar
    9. Que tristeza ler estes comentários, só ressabiados que se refugiam no anonimato. No facebook devem ser uns cordeirinhos para não correr riscos de levar nas fuças

      Eliminar
    10. Parabéns, és mesmo o maior burro da tua terra. Se achas que somos o mesmo, vou te deixar ficar com a bicicleta, só para te demonstrar o quanto me importa a tua opinião

      Eliminar
    11. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    12. Eh pá não te vou alimentar mais. Parabens pela perspicácia, és realmente muito muito bom a avaliar a malta através da escrita

      Eliminar
  2. Perfeito exemplo do jornalismo desportivo lampionico que existe em portugal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De acordo. O aquecimento global também o é. A eleição do Trump também. A morte do Fidel Castro também teve dedo dos lampiões, nada me tira isso da cabeça.

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...