03 novembro 2016

Pouco utilizado na Luz é desejado já em janeiro; André Silva faz história; Preud´homme: "Infelizmente Vale e Azevedo perdeu as eleições no Benfica"

O Celtic foi um dos 26 clubes que pediu acreditações para assistir ao Benfica-Dínamo Kiev, no Estádio da Luz, partida do Grupo B da Liga dos Campeões que terminou com o triunfo (1-0) dos encarnados.
Segundo o Daily Record, os representantes do clube de Glasgow tiraram notas sobre Andreas Samaris, que entrou no Benfica aos 59 minutos para o lugar do lesionado Ljubomir Fejsa.
Recorda aquele jornal escocês que o médio grego, pouco utilizado por Rui Vitória neste início de temporada, pode ser alvo de uma proposta do Celtic que está no mercado a tentar reforçar as escolhas de Brendan Rodgers para o meio-campo.
Por isto, Sergiy Sydorchuk, médio do Dínamo Kiev, terá, segundo a mesma fonte, sido igualmente alvo dos observadores do Celitc.

Mais um recorde. André Silva bateu mais um recorde com a camisola do FC Porto, depois de marcar na receção ao Club Brugge, em encontro da quarta jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. O avançado de 20 anos tornou-se no futebolista mais novo de sempre a marcar em dois jogos consecutivos na Liga dos Campeões ao serviço do clube da cidade Invicta.

A 'descoberta' de Mourinho. Volvidos cerca de 16 anos, Michel Preud´homme desvendou pormenores relativos à contratação de José Mourinho como treinador do Benfica na época 2000/2001.
«Conheci Mourinho em Barcelona. Era suposto falarmos durante uma hora, mas a conversa arrastou-se por cinco horas… Falámos sobre futebol, táticas, paixão, disto e daquilo. Ele disse-me que queria ser treinador», revelou o antigo guarda-redes dos encarnados, numa entrevista reproduzida pelo portal Yahoo.
Em 2000, então na qualidade de diretor-desportivo, Preud´homme foi incumbido por João Vale e Azevedo da missão de encontrar um substituto para Jupp Heynckes.
«O presidente disse-me: `Michel, preciso de um treinador. É o teu trabalho´. Fiz uma lista com alguns perfis e disse-lhe: `Tenho um, mas nem sequer é treinador...´. Ele perguntou: `Um treinador que não é treinador?´. `Mourinho´, respondi eu. Não sei, tenho um feeling», relatou o belga.
«Às 22 horas, liguei a Mourinho. Ele estava no Porto e eu disse-lhe: `Vem cá [a Lisboa]. Por volta das 2 da manhã o contrato foi feito no escritório do presidente. Às 8 horas fizemos a conferência de Imprensa. Foi tudo tratado numa noite. Infelizmente, quatro meses depois, o presidente perdeu as eleições. Mourinho exigiu garantias contratuais, não correspondemos e ele saiu. Eu fui-me embora um mês depois», recordou.

3 comentários:

  1. Especialmente o primeiro jogador a ganhar um recorde por quebrar um recorde com um golo que nem e seu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...