25 novembro 2016

IPDJ constitui quatro arguidos no processo Sporting-Arouca; Presidente da FPF assume o seu portismo

Em comunicado, o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) anunciou que foram constituídos quatro arguidos no processo de contraordenação instaurado aos incidentes ocorridos após o jogo Sporting-Arouca, da 10.ª jornada da Liga.
O IPDJ recebeu a «participação elaborada pela Polícia de Segurança Pública (PSP)», «acompanhada da gravação dos acontecimentos» no túnel de Alvalade, após o encontro disputado a 6 de novembro que terminou com a vitória dos leões por 3-0.
«Na sequência da referida participação, foi determinada a instauração de processos de contraordenação nos termos da Lei n.º 39/2009, de 30 de julho, sendo constituídos quatro arguidos», refere o mesmo comunicado.

"Sou adepto do FC Porto mas isso não me tira isenção". Fernando Gomes recordou, esta sexta-feira, o percurso pessoal e profissional que o conduziu, em última instância, à presidência da Federação Portuguesa de Futebol (FPF). A passagem pelo FC Porto não deixou de ser abordada pelo líder federativo, que participou no almoço-conferência "Conversas na Bolsa", organizado pela Associação Comercial do Porto e que decorreu no Palácio da Bolsa, na cidade Invicta.
Durante vários anos, Fernando Gomes representou as cúpulas directivas dos azuis e brancos, recordando que é adepto dos dragões.
"Tive muito prazer em fazer o que fiz no clube do qual sou adepto e toda a gente sabe, não o escondo nem isso me impede de fazer com isenção o meu trabalho", assegurou, sendo amplamente elogiado pela plateia presente no evento.
Noutro sentido, Fernando Gomes reforçou o que já tinha afiançado recentemente: nunca teve intenção de ser presidente da UEFA ou da FIFA, como se chegou a avançar.
"Quando tomei a decisão de me recandidatar assumi um determinado compromisso com os sócios da FPF. O meu objectivo era fazer com que o futebol português tivesse resultados e expressão de acordo com a qualidade que existe em Portugal. (...) Ainda há muito trabalho para fazer em Portugal", frisou, garantindo sentir-se "muito bem" na presidência da FIFA.
"Estou muito bem aqui. Ainda temos mais coisas a conquistar, Taça das Confederações, Europeu Sub-21, Mundial Sub-20, Sub-17 e Sub-19 nas rondas de elite, femininos no Europeu, futebol de praia no campeonato do mundo. Há tanta coisa a realizar e se estamos a fazer coisas positivas tem a ver com o trabalho nos clubes e associações distritais", salientou.

37 comentários:

  1. E relativamente ao pugilato Rui Costa Versus Joel Pinho e respectivos empurrões a elementos à comissão de arbitragem em Arouca? Quantos arguidos estão constituídos?

    É que este caso aconteceu antes do de Alvalade. Convém não esquecer. Ou a celeridade a julgar alguns processos calha sempre ao mesmo clube?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    2. Mas o fontelas é condicionado, porque "o filho do fontelas" joga no Sporting.
      Não esquecer também que o "filho do fontelas" era suplente no clube de inatel em que jogava, com a pequena curiosidade de ter sido o melhor marcador da equipa e o clube do inatel estar na mesma serie do sporting e merdica, sendo o 3o melhor marcador do campeonato.

      Já que falamos em esquecer, podemos esquecer a contratação do neto do presidente do setúbal por parte do merdica.
      Sobretudo porque já não se fala em jogos de mala.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    5. Oh balofo. Vai mase lavar a bouca quando falas do tri campeão nacional

      Eliminar
  2. Nos próximos tempos todos os comentários que disserem "paulinho" são apagados. Não é esse tipo de conversa que queremos manter neste blog, por isso vamos acalmar um pouco a utilização de algumas expressões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    7. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    8. só te humilhas a ti mas nem isso enxergas. não tens qualidade nenhuma e muito menos argumentos para humilhar alguem que nao a ti mesmo..
      e tás tão encavado que parece que engoliste um apito e só te sai o mesmo piu vezes sem fim.
      boring asShoLeB

      Eliminar
    9. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    10. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    11. E deixei escapar essa dos argumentos, masjá me puseste um sorriso nos lábios mais uma vez. Alguém que ainda não atingiu, mentalmente, a puberdade, é obvio que tem como argumentos de extrema validez "comi a tua mãe", "continua a mamar-me", etc. Quando, e se algum dia atingires o mundo dos crescidos, vais só ver que essa virgindade toda transferida para o teclado só da vontade de chorar a rir. E de ter pena. Seja como fôr, o Júlio de Matos está aí para ti.

      Eliminar
  4. Não sei se era pedófilo, mas sei que por essa altura houve uns casapianos que criaram outro clube em Lisboa... mas não quer dizer que tenha sido o Carnide. Não quer dizer, mas foi...
    Acho que não é preciso dizer mais nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    7. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    8. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    9. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    10. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    11. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...