12 novembro 2016

Bruno de Carvalho quer o 23º título; Alvo do Sporting muito criticado; Nápoles quer reforçar-se na Luz

O presidente Bruno de Carvalho, durante a 36.ª edição dos Prémios Rugidos de Leão, revelou a forte ambição presente no clube para conquistar o 23.º título de campeão nacional.
"O futebol é a grande alavanca e por isso estamos a construir uma que desse todas as garantias para atingir a glória, que todos os sportinguistas ambicionam. Apostámos bem na contratação do melhor treinador português e um dos melhores do mundo. Passámos por momentos menos feliz, mas fazem parte da construção do clube. Na última jornada tivemos uma assistência com mais de 40 mil adeptos e isso mostra que voltámos a lutar pelo nosso 23.º título de campeão nacional. Sim, quero conquistar o 23.º titulo de campeão nacional. Este caminho não está isento de dificuldades e vão ser colocado no caminho inúmeros obstáculos. Vão ser colocados não pedras, mas pedregulhos. Temos de estar atentos", afirmou Bruno de Carvalho.

Lindelof cobiçado. Victor Lindelof, defesa do Benfica, é alvo prioritário do Nápoles, orientado pelo italiano Maurizio Sarri, já no mercado de janeiro. O jogador sueco é visto como a alternativa ideal para substituir o senegalês Kalidou Koulibaly, que pode estar de saída para o Chelsea, de Inglaterra, no próximo mercado de transferências, avançou ontem a imprensa italiana. O Nápoles está obrigado a desembolsar 30 milhões de euros (valor da cláusula de rescisão), para levar o central de 22 anos, da Luz. 
Contudo este cenário não se avizinha fácil, uma vez que o Benfica está a preparar a renovação do contrato do jogador e, assim, aumentar a cláusula de rescisão para o dobro da atual (60 milhões de euros). 

Criticado. Emmanuel Mas, lateral-esquerdo apontado como desejo de Jorge Jesus para o lado esquerdo do Sporting foi titular na goleada sofrida frente ao Brasil, por 0-3, naquela que foi a sua sexta internacionalização, mas o desempenho não foi suficiente para convencer a imprensa argentina.
O Diario Popular, por exemplo, considerou-o um dos piores em campo, a par de Di María e Gonzalo Higuaín, considerando que, "no terceiro golo do Brasil, parecia um jogador amador, nem sequer conseguiu atacar. Na marcação, foi sempre ultrapassado".
O portal MDZ foi igualmente crítico: "Não se aplicou nas marcações, com dúvidas permanentes e quase sem entrar em contacto com a bola. Nem vale a pena falar de ser opção para o ataque no seu setor".
"Fraco com a bola e errou de forma grave no terceiro golo. Teve uma oportunidade de golo, mas preferiu atirar ao ângulo quando Messi estava sozinho à espera do passe", escreveu o jornal Clarín.
O portal Infobae acabou por ser o mais meigo na avaliação: "Ensaiou algumas subidas pela esquerda no início, mas apagou-se como o resto da equipa. Falhou no terceiro golo dos brasileiros".

3 comentários:

  1. O pateta alegre do sanitário do Alvalodo, sempre a dar-no motivos de gozo ! ... em Maio se tudo correr bem chegaremos ao DOBRO dos campeonatos do s@porting da charneca do Lumiar.
    É o que dói ao retardado da Jubléu...desculpem a redundância. Não foi por mal, hehehe

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...