30 outubro 2016

"Houve um árbitro que rejeitou os vouchers". Benfica acaba com ofertas de refeições

O Benfica acabou esta época com os vouchers de refeições para o restaurante Museu da Cerveja, em Lisboa, que ofereceu a árbitros, observadores e delegados dos jogos que efetuava no Estádio da Luz e no Seixal (equipa B) nas temporadas 2013/14, 2014/15 e 2015/16, nas competições nacionais e da UEFA. 
Fonte oficial das águias garantiu ao jornal CM que tal decisão teve a ver com a avaliação que os responsáveis do clube efetuaram no final da época passada:
"Depois da oferta ter sido tornada pública pelo presidente do Sporting [Bruno de Carvalho, num programa televisivo emitido no dia 5 de outubro de 2015], os vouchers deixaram de ser utilizados." "Além disso, o Benfica sentiu algum constrangimento por parte dos árbitros, naquilo que é considerado como um gesto de cortesia. Houve mesmo um que recusou a oferta. Por isso, para esta temporada, o Benfica manteve apenas a oferta do Kit Eusébio [caixa com a camisola do Pantera Negra] e entradas para o Museu Cosme Damião", acrescentou a mesma fonte, frisando que o clube gastou uma "verba na ordem dos 12 mil euros" para pagar a fatura apresentada pelo Museu da Cerveja.
A disciplina da Liga e da Federação Portuguesa de Futebol já arquivaram o caso dos vouchers dos encarnados. O Sporting recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto, que ainda não se pronunciou.

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que era lampião não era preciso dizer porque nota-se pela falta de educação. Claro que um tão baixo nível (em várias áreas) impossibilita ver a gravidade das coisas quando a cor ofusca. O vermelho de fato sempre funcionou assim com algumas criaturas!!!

      Carlos Manuel

      Eliminar
    2. Sim... Carlos Manuel Paulinho... apenas os adeptos do Benfica são mal educados. A Paulinhada q por aqui passa é incapaz de Largar insultos a quem quer q seja... Em articular ideias podemos concordar q têm dificuldades, mas estamos perante rapaziada de insulto fácil. Por isso poupa-nos da versão virgem ofendida do Paulinho.

      Eliminar
    3. Então os ENCORNADOS vermelhuscos de serviço não dizem nada sobre os vouchers, os tais que diziam ser tudo mentira?

      Ou será por não lhes pagarem os Domingos?

      Eliminar
  2. O Sporting recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto que ainda não se pronunciou... Curiosamente, o seu líder esteve presente na tomada de posse de lfv. É preciso dizer mais alguma coisa sobre esta máfia?

    ResponderEliminar
  3. Dinheiro vivo vale mais que vouchers.
    ENCORNADOS rumo ao título.

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...