07 setembro 2016

O novo alvo do Benfica para a baliza; Adrien passa a ganhar 1,75M€/ano

De olho no futuro, o Benfica tem acompanhado nos últimos meses o jovem guarda-redes brasileiro Caíque, do Vitória, e, segundo o jornal O Jogo, já fez uma consulta para apurar os valores de negociação. O emblema da Luz já se prepara para apresentar uma proposta até ao fim do ano devido aos relatórios positivos que tem em mãos, apontando ao guardião de 19 anos como opção para o futuro, tanto para suceder a Júlio César, de 37 anos, ou ainda como opção para a futura venda de Ederson, bastante cobiçado depois de assumir as redes da Luz na época passada.
“O Benfica procurou-nos recentemente, muitas sondagens têm surgido. Esperamos que apareça alguma oferta concreta, porque temos interesse em negociar o Caíque. É um grande guarda-redes, muito promissor, mas a sua venda irá ajudar-nos financeiramente”, declarou Manoel Matos, vice-presidente do Vitória, com o clube a definir nos cinco milhões de euros a expectativa de venda do guardião, que tem uma cláusula de rescisão de 11 milhões de euros e contrato até setembro de 2018.
Segundo o diário além dos encarnados, também o Cruzeiro deseja a aquisição do promissor atleta, que se estreou profissionalmente em março e atualmente é suplente da equipa principal, tendo feito 14 jogos na temporada. No Brasil, Caíque, de 1,98 m, é considerado o “novo Dida”, em referência ao guardião que também surgiu para o futebol nas camadas jovens do Vitória e foi um dos principais guardaredes da seleção brasileira nos últimos anos.
“Caíque é muito alto, mas tem uns reflexos impressionantes. Arrisco dizer que ele, com 19 anos, está acima do Dida quando tinha a mesma idade. Vai brilhar no futebol europeu”, elogiou Manoel Matos sobre o jogador, que é titular da seleção canarinha de sub-20.

Aumentado. Adrien vai ver a sua folha de vencimento melhorada como compensação por ter permanecido no plantel no agitado fecho de mercado leonino, passando dos 1,2 milhões de euros anuais para os 1,75 (aumento de 550 mil euros), escreve O Jogo. O médio recebeu uma proposta de 30 milhões de euros do Leicester nos últimos dias da janela de transferências, que lhe permitiria ganhar substancialmente mais do que em Alvalade – solicitou publicamente a saída. No entanto, o Sporting não quis perder um jogador fundamental na manobra da equipa para “não colocar em causa os objetivos e o projeto desportivo” face à saída de titulares como João Mário e Slimani, segundo afirmou o presidente Bruno de Carvalho ao canal oficial do clube, pelo que se avançou para a revisão salarial como forma de compensação por ter visto bloqueado o salto para o campeão inglês.
A revisão contratual, apurou o diário, limita-se estritamente ao aumento salarial do 23 e não visa mexidas na duração do contrato ou na cláusula de rescisão que foram fixados na última renovação, efetivada em fevereiro passado: vai manter-se ligado ao Sporting até 2020, com mais uma época de opção, e com cláusula de 45 milhões (os leões, recorde-se, são detentores de 80% do passe).

2 comentários:

  1. Caique? O SLB está interessado? OK, basta aceder ao link e o interesse fica logo explicado.
    www.ecvitoria.com.br/noticia/4958,arena-barradao.html

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...