01 setembro 2016

Negócio Adrien acabou por falhar; Taarabt inscrito no Benfica; Quintero rejeitou saída e quer voltar à América do Sul

A imprensa inglesa revela, esta quinta-feira, que o negócio Adrien caiu porque Bruno de Carvalho rejeitou todas as propostas recebidas pelos campeões ingleses. O Leicester começou por oferecer 24 milhões mas chegaram a pôr em cima da mesa de negociações 30 para levar o jogador, mas o presidente dos verde e brancos rejeitou a abordagem.
Já segundo o jornal Record, os leões aceitariam abrir mão do médio por 35 milhões. O Leicester não chegou lá e Adrien ficou em Alvalade.


O problema na Luz. O Benfica procurou 'desfazer-se' de Taarabt mas não conseguiu. O marroquino rejeitou as ofertas que recebeu de Itália com o objectivo de reforçar o Marselha, algo que acabou por não se concretizar. Os encarnados foram então obrigados a inscrever o marroquino na Liga, assim como Bilal Ould-Chikh.

Recusou ofertas. O dossiê de Quintero foi o único que ficou por resolver, no Dragão, neste mercado de transferências. O colombiano teve propostas para continuar num clube europeu, mas acabou por recusá-las a todas, uma vez que o maior desejo passa por voltar à América do Sul. Assim, o médio continuará a treinar na equipa B por mais algum tempo, na esperança de que algum emblema dessas latitudes convença o FC Porto a libertá-lo e a pagar uma parte do salário, que, desde a última renovação, ronda os cem mil euros mensais.

3 comentários:

  1. Na minha opiniao... e o Sporting, com melhor plantel dos ultimos 13 ou 14 anos. Agora resta saber na pratica... se e mm aquilo que parece ser pelo menos na teoria.

    ResponderEliminar
  2. Na minha opiniao... e o Sporting, com melhor plantel dos ultimos 13 ou 14 anos. Agora resta saber na pratica... se e mm aquilo que parece ser pelo menos na teoria.

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...