12 setembro 2016

A curiosa afirmação de um ex-leão; Cantona e o Sporting

De regresso ao futebol argentino, depois de passagem pouco profícua ao serviço do Sporting, Hernán Barcos não esconde a ambição de voltar a representar a seleção do país das pampas.
«Seria, obviamente, uma experiência diferente. Quando fui pela primeira vez foi uma surpresa porque não esperava. Mas depois de ir, ninguém quer ficar de fora», sublinhou o avançado, de 32 anos, em entrevista ao jornal Olé.
Quando esteve na seleção, Barcos teve a oportunidade de jogar ao lado de Lionel Messi. Experiência que jamais esquecerá e que não se importaria de repetir.
«Ele é inexplicável, faz coisas tremendas. Com Messi ao lado marco 50 golos por ano», atirou.

Cantona. Depois de visitar a Academia, em Alcochete, Eric Cantona teve a oportunidade de conhecer, por dentro, o Museu Sporting.
«5.000 Taças para todas as modalidades. É realmente impressionante», observou o francês, que teve a companhia dos filhos e do irmão na visita guiada por Bruno de Carvalho à História do clube de Alvalade.
A afamada formação leonina voltou a ser tema de conversa. «Sou um pouco como o Sporting: quero que os meus filhos tenham uma personalidade forte. Deixo-os desenvolver a sua própria personalidade e se quiserem jogar futebol e divertirem-se, não me oponho. Gosto muito quando grandes clubes se preocupam com a formação de jovens jogadores. É onde tudo começa e têm também uma identidade muito forte no jogo, como o Barcelona, Manchester United ou o Sporting», equiparou Cantona.
Conhecido por dentro o universo verde e branco, o antigo futebolista consegue agora identificar o ADN do jogador made in Sporting:
«Agora percebo melhor quando vejo Cristiano Ronaldo jogar. Ou Figo, Futre ou até Nani. São todos o mesmo género de jogador. Nota-se que jogam desde muito novos e desenvolvem a sua própria personalidade, a liberdade e o prazer de jogar futebol.»

8 comentários:

  1. Ronaldo, Figo, Futre, personalidades completamente diferentes que não têm nada a ver com a formação do Sporting, que é uma formação perdedora!
    As taças são de modalidades que mais ninguém pratica!
    O aldrabão do Babalu tinha dito que tinham 20.000 troféus!
    É como os adeptos, 3,5 Milhões diz o aldrabão, quando nem metade têm.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    2. Este lagarto toninho continua a estudar matemática C o pau na boca...

      Eliminar
  2. A formação do Dubai é que é!! anónimo, meu ganda maluco, és um urso!!

    ResponderEliminar
  3. será que os sportinguistas não se mancam... 3 campeonatos em 40 anos? de que vale gabaram-se de uma grande formação se não tiram proveitos disso. Eu falo em ganhar trofeus e não grandes somas de dinheiro, porque no final de contas não se vai para o marques de pombal a não ser para festejar titulos, ir para o saldanha ou então para as amoreiras. De uma vez por todas sigam o vosso caminho, ou seja, atirem-se de uma ponte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. volta às origens do teu clube.a farmácia!
      tudo no teu clube é mentira.

      Eliminar
    2. Contabilizam títulos olímpicos de atletas como títulos do clube e ainda têm moral para dizer q os outros mentem... Eis o Sportém.

      Eliminar
    3. 3 em 40 anos? Mas já fomos Tetra...não é para todos.

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...