23 fevereiro 2016

Super Dragões 'visitam' café da família do árbitro Jorge Ferreira e perguntaram pelo "gatuno". SD acabaram por chamar...a polícia

Segundo o JN, um grupo de adeptos do FC Porto liderado por Fernando Madureira deslocou-se na passada segunda-feira à tasquinha do pai de Jorge Ferreira com o claro intuito de intimidar a família do árbitro de Fafe.
De acordo com a informação veiculada pelo referido jornal, Fernando Madureira, acompanhado por outros elementos da claque SuperDragões, entraram no pequeno estabelecimento por volta das 21h30 de forma desafiante e a fumar. Os adeptos portistas sentaram-se alegadamente para jantar tendo interpelado o proprietário do estabelecimento nos seguintes termos: "onde está o gatuno?".
O pai de Jorge Ferreira, que estava acompanhado de duas pessoas, terá então explicado que não podia servir refeições àquela hora porque normalmente o espaço costumava estar encerrado. Apesar das indicações, os adeptos do FC Porto ainda consumiram algumas bebidas tendo sido solicitado o Livro de Reclamações por Fernando Madureira, mas este foi-lhe recusado, facto que motivou uma chamada para a GNR, que já teria sido avisada da presença de Fernando Madureira no estabelecimento pelo próprio Jorge Ferreira.
Em declarações ao JN, Armindo Ferreira, o pai do árbitro, confirmou o sucedido tendo deixado um apelo para que deixem 'o filho em paz', e frisou que não se mete na vida do juiz: "Quem sou eu para dizer ao meu filho para não ser árbitro".
Já o líder dos SuperDragões confirmou também que esteve na Taberna da Esquiça, mas que tudo não passou de uma coincidência, e que foi o próprio a chamar a GNR por negarem-lhe o Livro de Reclamações.
"Passei com amigos, não sabia que pertencia ao Jorge Ferreira. E fomos nós que chamámos a GNR, pois não nos deram o Livro de Reclamações", disse Fernando Madureira ao JN.
Hoje, o árbitro Jorge Ferreira vai apresentar queixa na GNR de Fafe e nos próximos dias será acompanhado por um segurança privado por temer pela sua integridade física.

16 comentários:

  1. Aii vai lhe adiantar muito o segurança privado! Se tiver que levar nas lunetes vai levar e com força!
    A ver se aprende, este e os outros arbitros! Nao vai a bem vai a mal! O colinho teve sossegado na 1a volta mas foi um disfarce porque as nomeacoes artistas tiveram lá! Agora que os lampioes tao a um pequeno passo do 1° lugar, Vitor Pereira ja tratou de dar uma ajuda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Q mau q tu és atras do teclado.

      Eliminar
  2. Ao melhor estilo da mafia!!
    Este país precisa de uma polícia judiciária mais activa para prender estes mafiosos que pensam que podem fazer tudo!
    Ameaçar, agredir, coagir! Estamos em que país!? Inadmissível!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu vês muitos filmes sobre a máfia.

      A PJ devia era deter o Jorge Ferreira para averiguações.

      Inadmissível é este Jorge Ferreira estar a arbitrar jogos de futebol, está quase ao mesmo nível do Bruno Paixão e do João Capela.

      Eliminar
    2. Sim, vai tudo preso pq o menino Dias Pinto n gostou das arbitragens...
      Prendam tb o q marcou o penalty sobre o Maxi, e ja agora os rapazes q marcaram penalties fora da area p o Sporting Lisbon... Deve ir Tudo preso!
      E ja agora prenda-se tb o Dias Pinto por escrevinhar comentarios inadmissiveis p alguem c mais de 6 anos...

      Eliminar
  3. Vao atras do arbitro que apitou o Porto Moreirense, porque falseou o resultado, penalty que nem nos filmes de ficcao existe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kem o fiscal de linha? k nao viu a bola sair antes do primeiro golo do Moreirense?

      Eliminar
  4. Bem feito! A ver se aprendre... O Porto esta de volta contra tudo é todos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Contra tudo e todos?? O arbitro do fds n estava contra o Portinho concerteza.
      Eu tb acho q o Porto esta de volta... ao lugar dele, q é do 3o p baixo. Fica mto bem ali.

      Eliminar
  5. Num país onde ninguém pega no caso Marco Ferreira está tudo dito em relação ao sistema que está instalado.

    ResponderEliminar
  6. Vesse aqui tanto ignorante.. o desespero e tanto q tentam voltar aos velhos tempos da intimidacao.. ja agora tambem nao foram a casa do arbitro do porto moreirense.. pela primeira vez na minha vida vi uma equipa(porto)a chegar aos 80m so com uma falta cometida.. e inedito.. e isto sem falar do vergonhoso penalty! E ja agora aproveitem e vao tambem a casa do jorge sousa q vos fez aquele jeitinho na madeira com o nacional.. ganhem vergonha na cara!

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  9. Nessa época, os árbitros não eram todos incompetentes, nem estavam comprados (a "geração corrupta do Apito Dourado" apenas haveria de surgir, presume-se que de forma espontânea, nas duas épocas seguintes...) e até o Martins dos Santos do fcp ajudou à festa, assinalando dois penalties a favor dos corruptos azuis

    ResponderEliminar
  10. Tu, anónimo das 10:45 chegaste alguma vez a frequentar a escola?

    Não escreves as palavras completas, porque não sabes!

    Que tristeza!!!

    Nunca neste País se andou tanto tempo na escola...e para agora se ler iletrados estúpidos e deste calibre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O génio vem aqui chamar iletrados estupidos aos outros é o mm génio q chama anonimo das 10.45 ao unico gajo q se identifica... Genial!!!
      Mais um caso de fina ironia...

      Eliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...