21 fevereiro 2016

Recuperação fantástica mantém FC Porto vivo na luta pelo título

O FC Porto venceu o Moreirense, por 3-2, num jogo em que esteve a perder por...0-2. Os dragões conseguiram uma grande recuperação e mantêm-se vivos na luta pelo título.
Logo aos 10 minutos o Moreirense silenciou o Dragão, quando Iuri Medeiros bateu Casillas.
Os dragões mostravam-se muito desnorteados, falhando muitos passes, enquanto o Moreirense ia ganhando confiança.
Perante este cenário, a equipa comandada por Miguel Leal chegou ao segundo golo aos 28 minutos. Após grande passe de Iuri Medeiros a lançar Fábio Espinho na área, este, apertado por Chidozie, rematou em esforço desviando a bola de Casillas. O Dragão gelou por completo...
Mas os dragões reagiram e encostaram por completo o Moreirense à sua área. As jogadas de perigo multiplicavam-se. Aos 40 minutos, o árbitro assinalou grande penalidade a favor do FC Porto por suposta falta de André Micael sobre Maxi. Lance muito contestado. Na conversão, Layún não falhou e reduziu a desvantagem portista.
Até ao intervalo o FC Porto podia mesmo ter empatado a partida, mas Stefanovic negou com qualidade os intentos dos dragões.
No segundo tempo, José Peseiro arriscou, trocando Corona (muito apagado) por Evandro e apostando num 4-2-3-1, com André André a descair para a faixa direita e Brahimi a manter-se na esquerda. Especialmente pelos cruzamentos de Layún, o FC Porto ia incomodando o guarda-redes Stefanovic e o 2-2 começou justamente nos pés do mexicano. O lateral bateu um canto, Suk respondeu de cabeça com eficácia, aos 73'.
Já com Marega em campo, numa aposta de risco total que incluiu o recuo de Danilo para central e a saída de Chidozie, os dragões precisaram apenas de mais quatro minutos para dar a volta ao jogo. Aos 77', num lance que parecia perdido, Herrera conseguiu salvar a bola, de forma espectacular, sobre a linha final com um toque acrobático que se transformou numa assistência perfeita para Evandro, de cabeça, emendar para a baliza. Estava feita a reviravolta e os dragões conquistavam assim os três pontos.

8 comentários:

  1. Ahahahahahahaahahah. No porto arouca fizeram título com um suposto não fora de jogo, que na TV zé Pina e Pedro guerra até concordaram ambos (algo que é raro), hoje é "recuperação fantástica" ahahah. O pior árbitro da liga tirou os do caixão (mau muitos são, a maioria até), mas ceder a pressão como este poucos cedem, já no Sporting Tondela assinalou um penalti ridículo quando há um corte de cabeça, tendo sido depois corrigido pelo fiscal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois o moderador, ainda tem a lata de dizer que são do BARREIRENSE, OU DO MONTIJO, OU DO FABRIL, ou que é. "Recuperação fantástica" lol

      Eliminar
    2. Oh paulinho Sergio malhado, especialista em arbitragem vem cá comentar a arbitragem do Luís Ferreira, vem campeão da internet

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    4. Os outros e que são sempre beneficiados eles não21 de fevereiro de 2016 às 21:42

      Ahahahahahah verdade

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Este blog é uma risada pegada. É censura a torto e a direito. Um blog feito por adeptos de clubes do norte... da Coreia, talvez.
    Mas sim, continuem a fazer-nos rir com estas recuperações fantásticas, sem uma palavra sobre o penalty oferecido que vos permitiu essa recuperação.
    Vale tudo para evitar que o Sporting seja campeão. Em paços ou no dragão anda tudo com um melão do tamanho de um leão.

    já se juntavam todos e criavam o "dragaylinhas united"... hum hum hum, penso eu de que...

    ResponderEliminar
  4. A Cd tem de castigar o Maxi e o Jonas...simulações de penalty dão castigo!
    O mesmo regulamento que foi violado no caso dos vouchers, onde diz TAXATIVAMENTE que não pode Haver ofertas de Valor comercial! Ah ? Espera aí....mas vieram falar que havia um mínimo em euros aceitável...
    Isso são normas da Uefa, competições internacionais!

    ResponderEliminar

Regras dos comentários

O Fora-de-Jogo mantém um sistema de comentários para estimular a troca de ideias e informações entre seus leitores, além de aprofundar debates sobre assuntos abordados nos artigos.

Este espaço respeita as opiniões dos leitores, independentemente das suas ideias ou divergência das mesmas, no entanto não pode tolerar constantes insultos e ameaças.

Assim o FDJ não aceita (ou apagará) comentários que:

- Contenham cunho racistas, discriminatórios ou ofensivos de qualquer natureza contra pessoas;
- Configurem qualquer outro tipo de crime de acordo com a legislação do país;
- Contenham insultos, agressões, ofensas;
- Contenham links externos;
- Reúnam informações (e-mail, endereço, telefone e outras) de natureza nitidamente pessoais do próprio ou de terceiros;

Não cumpridas essas regras, o FDJ reserva-se o direito de excluir o comentário sem aviso prévio.

Avisos:

- Respeitadas as regras, é livre o debate dos assuntos aqui postados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade civil e penal de seus autores e/ou “reprodutores”, participantes que reproduzam a matéria de terceiros.
- Ao postarem suas mensagens, os comentadores autorizam o FDJ a reproduzi-los no blog;

Não fique Fora-de-jogo nas suas palavras...